A favorita | Filme

Eu ainda não tinha ouvido falar do filme A Favorita antes do Golden Globes 2019, o filme recebeu 5 indicações no Golden Globes para melhor filme de comédia, melhor roteiro, duas indicações para melhor atriz coadjuvante e a atriz Olivia Colman levou o prêmio de melhor atriz pela interpretação da Rainha Anne. Ou seja, ele tem grandes chances de também ocupar algumas indicações no Oscar desse ano. 


O pano de fundo da filme é a guerra entre Inglaterra e França em 1708, no entanto, o foco está nos bastidores do reinado da Rainha Anne (Olivia Colman). O nome do filme A Favorita faz referência a disputa de duas primas pela atenção e amor da Rainha. 

Cadê Dumplin, Netflix Brasil? | Netflix

Eu lembro como se tivesse sido ontem quando li Dumplin' e pensei: "Puxa! Isso precisa virar um filme!". Porque por mais que sejamos team livros, o alcance que o cinema e artes visuais tem nos dias de hoje é inegável. Quando saiu a primeira notícia da adaptação do livro para as telonas, eu fiquei empolgadíssima, porque essa seria a oportunidade mais pessoas conhecerem a história incrível escrita pela Julie Murphy. Quando fiquei sabendo que seria produzida pela Netflix, eu fiquei mais feliz ainda, afinal de contas é a maior plataforma de streaming com milhões de assinantes pelo mundo inteiro. A confirmação da Jennifer Aniston no elenco foi outra prova de que essa não seria uma produção meia boca. Os anúncios não foram exatamente nessa ordem, mas a questão é que tudo estava indo muito bem para ser verdade! Dumplin' ganharia o mundo (mas aparentemente, não o Brasil). 


Se você não conhece Dumplin', eu vou deixar a resenha que eu fiz para o Estante Diagonal e a resenha que a Aimee fez aqui par ao PN

Homem Aranha no Aranhaverso | Filme

Diferente do final do ano passado, eu não quero deixar o hype de filmes e séries que eu vi passar (e, inclusive, depois nem lembrar o que vi). Janeiro e fevereiro, sem sombra de dúvidas, são os meses que eu mais vejo filmes. Obviamente, muito estimulada pelas grandes premiações que acontecem nessa época. E o mais legal é que normalmente acabo vendo também outras coisas que não estão nessa lista. Por isso, eu vou aproveitar esse momento (meu sábado) para deixar prontas algumas... colocações? Não quero chamar de crítica, porque não pretendo fazer nada muito aprofundado. Para começar, eu vou falar do penúltimo filme que eu vi e que inclusive foi um dos que eu fiquei mais empolgada: Homem Aranha no Aranhaverso. 


Não sou a maior fã do mundo de filmes de super-heróis (não me matem). Eu tenho alguns específicos que eu gosto muito de acompanhar e mesmo assim não são todas as produções que me conquistam. O homem aranha é um desses heróis que vira-e-mexe, eu gosto de assistir (se quiserem depois eu posso falar um post especial falando sobre os meus super-heróis favoritos). 

Confesso que tive sentimentos conflituosos quando fiquei sabendo do Aranhaverso (vou me referir ao filme assim, fica mais fácil). Fiquei muito empolgada pela premissa do filme (que pelo que entendi é): você pode ser o que quiser, inclusive o homem aranha. Não importa sua raça, idade ou gênero. Mas ao mesmo tempo fiquei com dois receios: o roteiro ser meio... mé; e a animação não ser tão maneira. Eu não sei você, mas eu tenho um sério problema com trailers que vendem uma coisa e depois você vai ver o filme e percebe que já viu todas as cenas legais. A gente vê uns efeitos maneiros, umas músicas maneiras no trailer e aí quando vai no cinema o filme como um todo é um saco. Então, eu fui bem na vibe (sem muitas expectativas): "acho que vai ser legal".

Desafio de releitura: Harry Potter e o Cálice de Fogo

Olá, pessoal! Após um longo e tenebroso inverno de leituras lentas, estou de volta com meu redescobrimento da saga Harry Potter, dessa vez com o Cálice de Fogo. 
Antes de continuar, só quero justificar a demora mais uma vez, dessa e dos outros livros que virão. Como os livros se tornam muito grandes (passam facilmente de 500 páginas), eu parei de carregar na bolsa do trabalho (e é no transporte público onde eu tenho mais tempo de leitura). Mas, devagar e sempre, vamos dar conta do recado. 
Então, prontos para embarcar mais uma vez a Hogwarts?