Quem é louco sempre aparece...

Será que blogar é que nem andar de bicicleta? Eu sei que as duas coisas me deixam muito feliz. Quando as faço, elas me proporcionam a sessão de liberdade que não sinto fazendo qualquer outra coisa.

Por diversos motivos simplesmente parei. Parei com as duas coisas, aliás. Preciso retomar essa liberdade tão gostosa, seja pedalando e sentindo o vento no rosto, seja teclando e transformando cada pensamento meu em palavras que podem voar nesse mundo cybernético.


Preciso ir com calma. Um pé de cada vez. Um dedo de cada vez. Mas dessa vez TEM QUE ser pra valer. Preciso retomar a minha identidade. Preciso parar de desistir do que gosto, do que me faz feliz. Então, a partir de agora podem me chamar de Nina. Nina Novaes. (Onde me registro , por favor?)

O que me fez voltar? Sinceramente? Estava sem autoestima alguma, mal saindo do sofá. Sabe aquele lugar que todo mundo tem no mundo? O propósito de estar na Terra? Então, eu havia perdido completamente, tentava me agarrar a qualquer coisa do tipo “dá pra eu fazer”, mas nem longe eram coisas que “eu quero fazer”.

Então, eu achei que era hora de voltar. Relembrar todas as minhas experiências, começando pelo blog dancaxuxa com 12 anos, meu blog com uma amiga sobre HP, meu momento esquizofrênico de milhões de blogs ao mesmo tempo e o glorioso “Clube Psicose” que foi a minha experiência mais bem sucedida nessa trajetória maluca... me deu gostinho de quero mais.  

Obviamente estou enferrujada e meio defasada de como os blogueiros blogam hoje em dia. Mas o importante é que estou de volta!

(Olha a onda que estou nesse momento: ouvindo Locked out of heaven do Bruno Mars, ou seja, estou limpando a casa e escrevendo isso e pulando feito uma louca – Só visualiza!)

Comentários

  1. Hahahaha fico tão feliz por isso! Você fez falta na blogosfera!

    Welcome back lady! \ 0 /

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, linda!

      Você é minha inspiração! :)

      Excluir

Postar um comentário