De noob para noob: Fable III

PRIMEIRO...

Feliz Natal, galera! Muitas felicidades e sucesso para todos. Hoje tenho mais a agradecer do que pedir... Agradeço aos novos amigos que surgiram e os velhos que ressurgiram, mais um ano ao lado da minha família e namorado. Mas se fosse para pedir um presente para o Papai Noel seria o meu HD funcionando novamente com todos os arquivos! 



Obs.: Por causa do mimimi que explico abaixo, não tenho um conto de Natal para postar. Mas tentarei fazer isso ainda esse ano! :(

Mimimi

Gente, algo horrível aconteceu na minha vida (pela segunda vez, mas dessa vez foi pior), meu HD externo explodiu! 
Não exatamente. Mas esse é o sentimento que tive quando abri e não tinha nada lá... meus mais de 200GB de arquivos evaporaram!!! Agora estou correndo atrás (esperando o meu "técnico" acordar) para resolver essa parada. 
Enquanto isso vamos falar de coisa boa... Vamos falar sobre GAMES! (Um dos motivos para eu estar totalmente atrasada com as minhas leituras, somada a preguiça natural)


ALERTA: Lembrando que não sou nenhuma especialista em games. Apenas vou contar a minha experiência com o jogo e por algumas informações básicas que você encontra em qualquer wikipédia da vida.

Um pouco sobre o jogo


Fable III é um jogo criado por Peter Molyneux, diretor da Lionhead Studios. Obviamente faz parte da continuação de Fable II, que ainda não joguei (level master de noobza). Nessa terceira parte se passaram cinco décadas e Albion (o universo/ o mundo/ o reino... como você quiser chamar) sofre as transformações da Revolução Industrial. Você, sendo o personagem principal, irá liderar uma rebelião para conquistar o trono.

Uma das coisas que mais me encantou no jogo é a narrativa onde você direciona a história a partir das suas escolhas. E tudo pode mudar, desde como você é tratado pelos outros personagens até a paisagem da cidade. O jogo sempre irá te levar a tomar decisões difíceis, onde nunca irá conseguir agradar a todos. Mas para o bom desenvolvimento da história é preciso que você fique atento as suas alianças, pois elas serão muito úteis durante sua batalha.

Por se tratar de um RPG de fantasia, você irá lutar com todo tipo de personagens, inclusive forças sobrenaturais. E para se defender, além de uma arma de fogo e uma arma branca, você irá descobrir poderes incríveis para enfrentar todos os desafios que irão surgir ao longo da história.

O Fable III foi lançado em 2010 pela Microsoft Games Studios e está disponível para PC e Xbox. No entanto, em julho de 2013 a Microsoft disponibilizou o jogo de graça para assinantes do Xbox Live Gold.


Minha experiência (pode conter SPOILER) 


Como a gamer noob que sou, conheci a franquia (não sei se é esse o termo que usam) do Fable através de um demo para Kinect, muito legalzinho por sinal. Alguns meses depois baixei o demo do Fable III e fiquei super louquinha com a dinâmica do jogo. Para minha alegria, em pouco tempo teve essa "promoção" da Xbox que liberou para baixar de graça.

No começo, confesso que fiquei muito confusa devido ao meu inglês fraco e não conhecer direito a dinâmica do jogo onde eu tinha uma mapa imenso para explorar, pessoas e vilarejos para conhecer, decisões para tomar, batalhas contra ladrões, pseudos-bruxos, lobisomens e sei lá mais o que. Claro, que com o tempo peguei o jeito.

Acredito que mesmo você tendo algum spoiler aqui, a experiência será única para cada jogador, afinal você pode seguir por outro caminho que o meu. Eu quis fazer a boa moça (você pode escolher um personagem homi ou mulhé) e fiquei na maior parte das vezes ao lado do povo. Mas estou pensando seriamente em começar um novo jogo aceitando as propostas dos industriais para ver o que acontece.

Um aspecto muito legal  é que você pode falar com todos os personagens do jogo, fazer com que eles te odeiem ou amem, inclusive você pode fazer seu personagem casar com outro e construir uma família feliz. É possível ganhar dinheiro fazendo alguns bicos (como tocar viola na praça ou fazer espada) e investir na compra de imóveis, ou em roupas, mobílias, bebidas e diversos artigos. 

Uma dica valiosa se você quiser fazer a boa-moça com eu: cuidado para não matar ninguém. Eu tive que resolver uma quest onde tinha que matar um ladrão (ou algo do tipo) e sem querer matei algumas pessoas inocentes... Todos da cidade me vaiavam por onde eu passava. Me senti super bullyinhada! Eu sei que matei algumas pessoas, mas foi sem querer!!! Juro! (Mentira, teve uma hora que fiquei com raiva e sai atirando para todos os lados).

E isso que acho mágico no jogo! Você enfrenta todas as consequências das suas escolhas e atitudes, sejam elas sem querer ou por querer querendo. 

Outros pontos que super me agradaram foi a ambientação do jogo. Adorei a mistura de estilo sociedade pré industrial. No mapa, você encontra todos os tipos de vilarejos, desde os mais chiques e sofisticados a lugares no meio da floresta. Até um deserto você encontra pelo caminho.

E falando em deserto, o que foi aquilo? Eu realmente fiquei com medo naquela parte do jogo. Foi super tenso. 


E vamos para o último ponto (ufa, estou tentando resumir o máximo que posso), a parte "dark" da história. Eles realmente conseguem criar momentos de tensão, não só com a musiquinha super bem bolada (que confesso que sentia raiva quando criava falsos suspenses), as vezes você tava num ambiente de luz super lindo outras numa floresta escura enfrentando seres sinistros!

Fiquei viciada em apostas de corrida de galinha em um dos vilarejos, adorei participar de um RPG dentro do jogo onde eu fui transformada em uma mini peça de um grande tabuleiro! Enfim, esse jogo é realmente um delícia, você nunca sabe o que pode esperar por você!


Considerações finais

Adorei a dinâmica do jogo e segue o estilo que eu gosto de "escolhas e consequências". Somado a super interatividade com o ambiente e outros personagens, a história não acaba quando você acha que ela acaba. Existe uma montanha de possibilidades de explorar o jogo e vai depender de cada um trilhar o seu caminho nele.
Não "zerei" o jogo, apenas fechei a história principal conquistando o trono e defendendo meu reinado. Mas ainda existem muitos outros aspectos que quero explorar, inclusive um tal de  "Jogo cooperativo". Sem contar que existem alguns objetivos a serem conquistados. Ou seja, em breve mais um post sobre o Fable III (talvez um pouco mais critico e trazendo coisas que não gostei).

Chega né?

Para quem gostou do estilo do Fable, leia o meu post sobre o The Cave (clique aqui) - ele não tem nada a ver com o Fable, mas também é um jogo que envolve suas escolhas e tem uma pegada sombria.

Perguntas? Por favor, fiquem a vontade!  (MENTIRA! NÃO VOU SABER RESPONDER)

Comentários