CBL de Julho: Mais um pouco de Gaiman

RESUMO DA DISCUSSÃO DE JUNHO

No mês de junho o livro escolhido pelo CBL foi "O oceano no fim do caminho" do Neil Gaiman. Ele propôs ao grupo um sentimento nostálgico e fantástico. A Camila B. Monteiro ficou responsável por introduzir a discussão e vou reproduzir a sua impressão sobre a obra:



Para mim (e outros membros) a sinopse parecia apresentar uma trama menos fantástica e mais envolta de suspense, mas não foi uma surpresa tão desagradável. Dos seis membros presentes na conversa do skype, apenas um não gostou do livro, os outros deram uma média de 8,5. 
Trazendo uma aceitação mais positiva que o livro do mês anterior, foram levantados vários papos de "teoria da conspiração literária" tentando entender as mensagens subliminares do autor. 
Conclusão: o livro vale a pena, mas se prepare para encontrar algumas cenas bizarras, como literalmente um "oceano no fim do caminho".

LIVRO DO MÊS DE JULHO


Nesse mês o clube terá que adiantar a sua reunião em uma semana e para não prejudicar a vida de ninguém foi decidido em conjunto que leríamos dois contos do Neil Gaiman (viu como ele agradou?) do livro "Coisas frágeis".
"(...)Em Coisas Frágeis, Gaiman mostra que seu talento como contador de histórias funciona perfeitamente no reino das narrativas curtas. Neil Gaiman escreve com desenvoltura sobre os mais diversos universos - sejam criados por outros autores (com contos que aludem aos mundos de Sherlock Holmes, Matrix e Nárnia) quanto seus próprios, como no conto "O Monarca do Vale", que tem como protagonista o personagem Shadow, de Deuses Americanos. Os nove contos de Coisas Frágeis trazem Gaiman abordando os mais diversos temas, misturando puberdade, punk rock e ficção científica em "Como Conversar com Garotas nas Festas"; combinando o Sherlock Holmes de sir Arthur Conan Doyle com o terror de H. P. Lovecraft em "Um Estudo em Esmeralda"; extrapolando o mundo de Matrix em "Golias", inspirado no roteiro original do primeiro filme; ou mesmo presenteando a filha mais velha com um conto fantástico sobre um clube de epicuristas em "O Pássaro-do-Sol". Coisas Frágeis é um tratado prático de como escrever boas histórias - histórias que, como diz a introdução do livro, "duram mais que todas as pessoas que as contaram, e algumas duram muito mais que as próprias terras onde elas foram criadas". (Fonte: Skoob)
Os contos escolhidos foram "A vez do outono" e "Pássaro de sol".

Se você quiser participar do clube é só solicitar no grupo do facebook! Clique aqui. Todos são bem-vindos!

Comentários