Meu resumo da copa

Vamos falar de copa? Eu relutei muito para fazer esse post (tirando a preguiça), sei lá, eu estava meio receosa e de deixar levar pela emoção escrevendo algum post idiota (não que esse não possa ser). A questão é que agora que acabou, eu consigo trazer um panorama geral sobre a copa.


Coisas ruins

A coisa que eu menos gostei na copa foi a mídia e o excesso de fanatismo de alguns torcedores. Esse tipo de evento é ótimo para mostrar o quanto a a mídia é "vira-casaca". Já que se trata de um evento relativamente curto, onde os resultados estão em constante mudança, vimos a mídia esportiva sendo "brasileira com muito orgulho" nos primeiros momentos do Brasil ao mesmo tempo procurando qualquer coisa idiota para falar que o futebol brasileiro não estava cem porcento. Foi perder a copa que o orgulho foi jogado no lixo e foi criado o slogan da "derrota histórica e vergonhosa" como se cinco estrela no peito nos desse um escudo anti-gol. 

E os torcedores? Que vergonha. Não sei se isso é de brasileiro ou não, só sei que fiquei muito triste ao saber que o jogador da Colômbia que "quebrou" o Neymar teve que bloquear as contas das redes sociais dele por excesso dos torcedores que além de xingar o próprio, já estavam mandando a filhinha dele "pra tudo conté lugar". Se tivesse sido outro jogador teria tido o mesmo tipo de repercussão? VERGONHA! Essa é a internet e sua falta de impunidade!


Claro, que teve alguns problemas estruturais, como toda copa tem. Foi uma pena também ver que a saída do Neymar da copa teve mais repercussão do que o viaduto que caiu em Minas, mas já caíram outras tantas passarelas e outros tantos viadutos pelo Brasil que ficaram por isso mesmo. Será que é culpa da copa? Em terra que a corrupção é notícia todo dia, a "máfia da fifa" também ganhou manchete, mas também não é novidade que não daria em nada.

Estou tentando pensar em mais alguma que eu não gostei nessa copa. Talvez se eu me delongasse mais nos temas que eu levantei acima surgiria alguma coisa, no entanto, essa não é a minha intenção. Afinal, deixei agora para o final justamente para isso, assim, posso simplesmente pincelar os assuntos.

Obs.: Abritagem mais lixo de todas as copas (só para fechar esse tópico).


Seleção brasileira

Como todo brasileiro, que além de sua profissão do dia-a-dia é técnico de futebol nas horas vagas, eu tenho minha opinião. Eu não acho que a seleção jogou bem, fiquei todo o tempo com aquele gostinho amargo na boca de que aquele futebol ainda não tinha convencido. Mas eu torci de verdade!


O que falta no torcedor brasileiro é baixar um pouco a bola e lembra que cada copa é uma copa, tem um grupo de diferente de jogadores/treinador e cada "estrilinha" daquela representa uma seleção de jogadores que ganharam em determinado ano, em determinadas circunstâncias. 

Achei que 7 a 1 da Alemanha nas nossas costas (para ser mais delicada) foi a melhor coisa que poderia ter acontecido para o Brasil. Chega de viver do passado, de achar que cinco títulos são garantia de passe livre para a final! O principal erro dessa seleção de 2014 foi a desnecessária exposição dos jogadores, muito estrelismo e, o fator X, falta de treino sério. Eles focaram muito no psicológico e esqueceram do primordial: jogar bola!

Seleção brasileira treinando


Seleção alemã treinando

Como brasileira-torcedora-técnica, eu acredito que todo o futebol brasileiro precisa ser reestruturado, é preciso investir na categoria de base e, principalmente, chega da política de "perdeu, joga tudo fora. A atual campeã é prova viva de como a continuidade é a chave para esse negócio. O técnico alemão está na frente do time desde 2006 (em 2004 estava como assistente), ou seja, são 10 anos estruturando esse time, batendo muitas vezes na trave do título. Ai você quer exigir que a seleção do brasil esteja no mesmo nível com só um ano meio de formação da comissão técnica? Senta lá, Cláudia (ou seria CBF?).


Coisas boas

Acho que não é novidade de que o "clima da copa" foi a melhor coisa. Apesar de não ter ido a nenhum jogo e mal ter saído de casa (ou da zona norte/tijuca) foi muito divertido morar em uma das cidades sedes. A cidade ficou muito bonita, para onde você olhava era possível ver uma bandeira do brasil, ruas decoradas e O pessoal colocando a "amerelinha" para tomar um ar enquanto ia ao shopping ou almoçar.


Os gringos fizeram uma festa muito bonita e para onde você olhava eles estava lá. Hoje mesmo, poucas horas antes do jogo, eu fui num shopping aqui da tijuca conhecido pela sua falta de popularidade entre a elite tijucana, e encontrei uns dois argentinos e um alemão meio perdidos (pelo menos eu julguei isso). 

Durante as oitavas de finais fui ao maracanã ver os torcedores da argentina e da bósnia. Eu tive que chegar bem cedo por causa do bloqueio policial, mas ao entorno do estádio já tinha milhares de torcedores argentinos. Eu levei um susto quando chegou o vagão do metro cheio de bluzinhas azul e branca. 

Eu também não pude deixar de ir no Fifa Fan Fest pelo menos uma vez! Confesso que tive receio, mas também foi bem legal. Não é o melhor lugar do mundo para quem quer ver o jogo de verdade, mas é muito divertido. Lá tive a oportunidade de ver a Holanda virando em cima do México. O local apesar de lotado de gente de todos os tipos, oferecia uma boa estrutura, como diria minha amiga: "um rock in rio na praia". Tinha banheiro (químico), quiosque de patrocinadores com atividades e brindes, várias barraquinhas de bebidas com preços razoáveis (para a copa), tinha detector de metal para entrar, música e quando você sai tinha uns trinta carinhas tentando te vender uma capirinha meio suspeita.
  


A invasão dos torcedores latinos (e até europeus, quem diria) por vias terrestres foi muito interessante. Eles não se importavam nem um pouco em dormir em vans adaptadas em estacionamentos pelo país, o importante era ir atrás da sua seleção sem medo de ser feliz. 


Para fechar com chave de ouro, a final da copa teve um jogão. Metade do país torcendo para seleção argentina (porque são sul-americanos) e a outra metade do país torcendo para Alemanha (porque do outro lado tinha a argentina). Claro, que apesar de ter ido admirar a festa dos hermanos nas oitavas de finais, hoje eu era Alemanha desde criancinha. E não posso negar que fiquei muito feliz com o resultado! 

E para fechar, se eu pudesse escolher uma figura para representar a copa seria o alemão-brasileiro Lukas Podolski que é tão brasileiro que foi comemorar a vitória da copa fazendo a "dança da chuva" com a taça.



Conclusão final

A copa me surpreendeu. Eu era uma das pessoas que não acreditava que ela seria tão legal assim, mas que no fundo torcia para fosse e que bom que foi. Agora ela mal acabou e já está batendo aquela "saudadjenha".

Obs.: Os jogadores da Holanda também foram muito fofos!!


No final da contas, de verdade, eu queria que a copa não tivesse fim, como esse meu post! hehe

Comentários

  1. hehehehe. Que legal!
    Realmente concordo com você em relação às coisas boas e ruins. Eu também não sei se é só o povo brasileiro que é assim, mas fico com imensa vergonha de ser brasileira nessas horas que as pessoas daqui fazem coisas tão feias e desrespeitosas. Fico triste. =/
    Eu também detesto esse negócio de vaiar.. seja a presidente, seja o time adversário seja o próprio time que está jogando mal.

    Eu me diverti muuito nessa copa. E foi a copa até agora que eu mais vi jogos de outros países. Antes eu só assistia do Brasil e mal... foi muito legal realmente. ;)

    Beijos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário