Mudando hábitos: academia

Lembra que há uns meses eu estava testando apps de ginástica no celular? Bem, claro que aquilo não deu certo de maneira nenhuma! Não consegui levar a sério e os exercícios nem eram tão legal assim. Mas acho que finalmente encontrei minha cara metade dos exercícios.



No começo desse mês abriu uma Smart Fit aqui pertinho de casa, uma rede de academias que oferece o básico aparelhos de musculação e aeróbicos. A desvantagem é que não tem aulas de alongamento, localizada, hidroginástica, e outras atividades, mas oferece um professor para te ajudar a montar sua série de exercícios e o preço é bem popular.

Confesso que no começo morri de vergonha. Sempre imaginei academia como um lugar onde pessoas saradas e fortes ficam querendo se mostrar e ficavam rindo de pessoas diferente como eu. No entanto, chegando lá descobri que todo mundo está querendo se superar de alguma maneira e mesmo os fortões não começaram levantando 100kg da noite pro dia.



Algumas pessoas devem estar se perguntando por que eu preciso de academia. Para começar é preciso lembrar que ser magro não significa ser saudável. Em apenas uma semana de exercícios percebi o quanto minha disposição mudou, antes eu ia no shopping passear e em pouco minutos já estava procurando um banco. Meu sono melhorou um pouco, mas já estou dormindo um pouco mais cedo e acordando bem disposta antes das 9h.

Eu sei que este é apenas o começo e ainda vou acordar muitos dias cheias de dores, mas eu estou começando a gostar dessa dor. Descobri que com o Kobo consigo caminhar e ler na esteira sem problemas (uma ótima dica para quem não tem saco de ficar andando). Ainda estou entre 2,5kg a 25kg (dependendo do aparelho), mas está sendo um desafio muito gostoso e já não me vejo sem fazer exercícios.

Comentários