Canal da Sophie Kinsella

Qualquer leitor que conhece o PN desde 2015 sabe o quanto eu adoro a autora Sophie Kinsella. Agora em maio, a Editora Record lançou o Minha Vida (não tão) Perfeita. Mas foi através do anúncio de um novo livro, que será lançado em 2018, que eu fiquei sabendo da existência do canal dela.


Até agora a autora tem apenas quatro vídeos postados no YouTube. No entanto, já é possível ver que o seu bom humor não fica apenas nos livros. Em um deles, Sophie faz uma comparação entre espiões e escritores. E o primeiro vídeo foi uma tentativa da autora falar em italiano para agradecer aos fãs que ela encontrou em sua turnê pela Itália.
Surprise Me foi o foco do último vídeo. Ela disse que tinha acabo de terminar de escrever o livro e queria dividir essa alegria com a gente. A história é sobre um casal que ao se darem conta que terão muitos anos juntos pela frente decidem que precisam surpreender um ao outro todos dias (se eu não entendi errado). Mas como estamos falando de Sophie Kinsella é claro qu…

De noob pra noob: Looney tunes dash

Celular novo é isso, gente, toda hora um aplicativo novo para testar e ocupar a memória zero bala do aparelho. A grande maioria a gente baixa por baixar, provavelmente serão desinstalado logo em seguida, outros vão te divertir por uma semana e depois você vai deixar ele ali entre outros milhões de aplicativos pensando: "vai que um dia eu quero usar e desinstalei?", mas um dia quando aquele vídeo maneiro que você gravou não for salvo, justamente, por causa de alguns MB que aquele aplicativo inútil que você só deixou instalado por comodidade.... 


Bem, toda essa história triste é para eu falar que encontrei outro joguinho muito legal para o meu celular, que tem grandes chances de ficar ocupando a memória por pura comodidade daqui um tempo. E no finalzinho do post, eu vou falar um pouco do "Brothers", jogo que comentei há um tempinho, e finalizei no último final de semana. 

O meu mais novo vício é o Looney Tunes Dash. Não sei se Temple Run foi o primeiro jogo para celulares do gênero, ou se foi o Subway Surfers, mas sei que os dois não só foram como ainda continuam muito bem populares. Na Play Store, Subway Surfers está em segundo lugar entre os Top Gratuitos, Temple Run 2 no vigésimo quinto. 

O Looney Tunes Dash traz uma proposta bem parecida, mas ao invés de ser uma fase única infinita que quando você morre "já era", sua "corrida" será divida em milhares de fases (aliás, a parte do jogo que apresenta as fases é super fofa, já falo sobre ela) e você terá que completar alguns objetivos que serão apresentados no começo de cada fase.


O painel de fases (vou chamar assim, porque não conheço os termos técnicos disso), é estruturado em um caminho imenso que vai subindo, entre um número X de fases, você irá mudar de cenário e de personagem, todos são referentes as famosas "caçadas" entre personagens do desenho. Isso torna o jogo bem dinâmico! Por exemplo, você começa com o Pernalonga sendo perseguido pelo Hortelino (o caçador), depois vem o Papa-léguas e o Coyote, e assim vai.


Entre as mudanças de área das fases, ou personagens, como queira, tem um mini vídeo com uma historinha. O gráfico é muito colorido e bem definido. Eu, particularmente, achei o tamanho razoável (pouco menos de 50MB. Mas como eu disse, podem fazer a diferença naquele vídeo do show que você foi). O grande problema que talvez faça você desistir do jogo, que provavelmente fará comigo se não tiver alguma atualização, é o fechamento inesperado do jogo depois de algumas corridas seguidas. Isso me deixou frustrada, algumas vezes. No Galaxy S5 isso aconteceu umas 4 vezes durante uns vinte minutos que fiquei jogando, sendo que a última atualização foi dia 15 de maio. O jogo é oferecido de graça pela Zynga na Play Store (Não sei para IOS como está), mas como todo jogo tem alguns itens pagos que não são tão necessários. 

Se vale a pena baixar? Talvez se você quiser relembrar a infância com seus personagens favoritos do Looney Tunes é uma ótima, sabe, curtir um tempo.  O jogo é bem fácil, mas ao mesmo tempo desafiador já que tanto as fases como os cenários exigem "habilidades" diferentes. Não sei se valerá a longo prazo, principalmente se continuar com esse problema de fechamento. Também não sei se é algo referente ao meu aparelho, mas acredito que não.
_____________________________________

Brothers - a tale of two sons


Agora, lembra quando falei do jogo Brothers? Então, fechei o jogo essa semana e fiquei bem mais surpresa do que esperava com o desenrolar da história. E que final, heim?

Meu especialista em jogos, senhor Black Bogard, disse que usar um controle de videogame é bem melhor que o teclado. Como disse no post do jogo, eu tive bastante dificuldade usando o teclado. Mas toda história e o cenário realmente valeu a pena, se vocês puderem, comprem para um console de video game ou um controle para PC.

Para quem não é de ficar jogando muito, Brothers é perfeito. A história não é tão longa, se você dedicar cerca de uma hora por dia, em menos de uma semana você termina (levando em consideração o meu nível de habilidade - ou seja, quase zero). Se você quiser saber mais sobre o jogo, clique aqui! 

Comentários

  1. Adorei o joguinho dos looney tunes <3
    Que gostinho de infância, rs.
    Vou baixar e ver como é o/ Depois te conto o que achei!
    Beijos e boa semana ♥

    Thati Machado;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  2. Sorte que não tenho celular, Nina. Se tivesse, já estaria viciada nesse joguinho dos Looney Tunes, só de ver o vídeo. :) Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Hahahahaha parece lindo, mas não consigo nem instalar o facebook nesse lixo que é o celular que estou usando kkkk
    Imagina um jogo desse!?!!!!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Postar um comentário