Canal da Sophie Kinsella

Qualquer leitor que conhece o PN desde 2015 sabe o quanto eu adoro a autora Sophie Kinsella. Agora em maio, a Editora Record lançou o Minha Vida (não tão) Perfeita. Mas foi através do anúncio de um novo livro, que será lançado em 2018, que eu fiquei sabendo da existência do canal dela.


Até agora a autora tem apenas quatro vídeos postados no YouTube. No entanto, já é possível ver que o seu bom humor não fica apenas nos livros. Em um deles, Sophie faz uma comparação entre espiões e escritores. E o primeiro vídeo foi uma tentativa da autora falar em italiano para agradecer aos fãs que ela encontrou em sua turnê pela Itália.
Surprise Me foi o foco do último vídeo. Ela disse que tinha acabo de terminar de escrever o livro e queria dividir essa alegria com a gente. A história é sobre um casal que ao se darem conta que terão muitos anos juntos pela frente decidem que precisam surpreender um ao outro todos dias (se eu não entendi errado). Mas como estamos falando de Sophie Kinsella é claro qu…

"Por Contato": inclusão através da fotografia

Recebi um email do MAR (Museus de Arte do Rio) com o realese da exposição "Por Contato". Ela reúne trabalhos de fotógrafos surdos pernambucanos através do projeto FotoLibras. Uma ótima oportunidade para cariocas e visitantes conhecerem um pouco mais sobre arte contemporânea brasileira. 

____________________________________________________

Exposição ‘Por Contato’ chega ao MAR 

 Projeto pioneiro conduzido por artistas pernambucanos promove a fotografia participativa para dar voz a fotógrafos surdos; mostra gratuita abre na terça 26/5 

Clique na foto para ampliar. Foto de divulgação.
 A partir de terça (26/5), o Rio é convidado a conferir a exposição Por Contato, que reúne trabalhos de fotógrafos surdos pernambucanos. Em cartaz no MAR (Museu de Arte do Rio), a mostra reúne imagens produzidas a partir do pioneiro projeto FotoLibras. Na abordagem, a fotografia se transforma em voz para quem não ouve, ampliando as possibilidades de impacto e de diálogo com o entorno.

O conceito de fotografia participativa adotado pelo FotoLibras foca na capacitação para documentar e divulgar ideias e percepções sobre o mundo. “Voz” é uma metáfora para descrever o poder de comunicar, dialogar e participar em decisões políticas, sociais e culturais.

Clique na foto para ampliar. Foto de divulgação.
Desta forma, o ato de fotografar e a divulgação das imagens produzidas se transformam em ferramentas de diálogo. É também uma estratégia de empoderamento de grupos que frequentemente tem pouco ou nenhum acesso a meios de comunicação. O projeto é conduzido por artistas do grupo GEMA, estimula o surgimento de multiplicadores e permitiu a formação de uma geração de fotógrafos surdos em Pernambuco. 

Por Contato reúne imagens que promovem a inclusão social a partir da valorização da diversidade, independentemente de características físicas, comunicacionais ou intelectuais. Enfatiza, desta forma, que a única diferença entre surdos e ouvintes é uma língua diferente. Além disso, busca incentivar a presença da comunidade surda no circuito de produção cultural, do qual frequentemente é excluída pelo despraparo da sociedade e das próprias instuições de cultura. 

Sobre o GEMA 

O GEMA (Grupo de Educação e Mudança pela Arte) é uma entidade sem fins lucrativos que conduz atividades educacionais e culturais com foco na inclusão visual. Estimula a produção, uso e leitura da imagem de forma criativa, lúdica e crítica, a fim de construir uma sociedade mais justa e inclusiva. É composto pelos artistas Eduardo Queiroga, Mateus Sá, Rachel Ellis e Vládia Lima. 

SERVIÇO 
Por Contato (exposição do Projeto FotoLibras) 
Onde: MAR - Museu de Arte do Rio (Praça Mauá, 5, Centro, Rio de Janeiro) 
Quando: 26/5 a 5/7 (bate-papo e lançamento do catálogo na terça 26/5 às 11h) 
Visitação: de terça a domingo das 9h às 18h. 
Entrada gratuita. 
Informações: (21) 30312741 ou www.museudeartedorio.org.br

Clique na foto para ampliar. Foto de divulgação.
____________________________________________________

Eu acho muito legal a iniciativa de instituições e curadorias de museus que dão espaço para projetos como o do FotoLibra. Muitas vezes esses projetos não chegam ao conhecimento do público mais amplo e são a partir de exposições como essa que eles passam a ter uma maior visibilidade.

O projeto em si é formidável e merece ter sua ideia espalhada por todo o país, principalmente como forma de inclusão e valorização da cultura surda. Pesquisando mais sobre o projeto, eu encontrei esse vídeo:


Então, ajude o projeto da maneira que puder, divulgando, apoiando financeiramente através do site Benfeitoria e/ou prestigiando a exposição do MAR. Vou conferir a exposição e darei o meu feedback para vocês!

Comentários

  1. Iniciativa muito interessante. Quero saber sua opinião sobre a exposição, Nina. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Amei esse projeto, Nina! Muito bom você ter compartilhado a informação. Vou transmitir também a outras pessoas. Um abraço!

    ResponderExcluir

Postar um comentário