Deixa as pessoas: preconceito com gênero literário?

Hoje a coluna é pra ser curta e grossa, como a resposta que todos nós precisamos dar para qualquer um que começar a bostejar qualquer tipo de preconceito do nosso lado. Hoje vamos falar de preconceito com gêneros literários e a necessidade que certas pessoas sentem de denigrir um gênero em favor de outro ou de categorizar todo um gênero como algo completamente sem prestígio e sem valor.
No final do ano passado, a internet foi tomada por debates sobre esse assunto depois que um post ridículo de um ser humano que falava basicamente o que comentei no parágrafo aí de cima. Essa não foi a primeira vez que uma discussão do gênero assolou as redes sociais e, com certeza, também não será a última. O preconceito literário existe e está sendo difundido por aí. É nossa obrigação como leitores e escritores lutar contra ele.
"Mas, Clara, o que é preconceito literário?"
Se você vive embaixo de uma pedrinha e não teve o desprazer de ver ninguém comentando nada nocivo sobre livro nenhum, t…

Espaço do Designer - Carolinna Mello


Começo falando do que eu escreverei aqui no Psicose todas as quintas. O Espaço do Designer foi criado com o intuito de divulgar designers brasileiros, sejam eles de superfície, moda, gráfico ou interiores. E cada post será o espaço para expor um designer, e contar sua trajetória, mostrar portfólio e trabalhos. Para vocês conhecerem melhor ou descobrirem esses artistas.
Para participar desse espaço é simples, mande email para mim. ( clique aqui )



O primeiro post é dedicado à mim. Para aqueles que não me conhecem e para os que conhecem, saberem mais.
Eu sou Carolinna Mello, me formei em designer de moda e descobri meu amor por estamparia em uma das matérias da faculdade. Decidi que era isso que eu queria trabalhar, e fui em busca de uma especialização em estampas. E compartilho com vocês que por mais difícil seja o mercado, a pressão das pessoas , fazer o que você ama é algo extraordinário.
Embora eu não me considere ilustradora, quando comecei a fazer ilustrações encontrei uma outra parte de mim. Acho que comecei para encontrar minha identidade como designer de superfície.
Sobre meus trabalhos, um deles alguns psicóticos devem conhecer, são os wallpapers da Nina e fui eu quem fiz para ela ( link wallpapers ).








 Para conhecer mais meus trabalho veja meu portfólio "vivo" https://instagram.com/mellocarolinna
 Se você quer um trabalho meu, entre em contato comigo. ( clique aqui ) 



Comentários

  1. Cada padronagem mais fofa! Adorei as girafinhas do Instagram. Parabéns, Carolina!

    ResponderExcluir

Postar um comentário