Canal da Sophie Kinsella

Qualquer leitor que conhece o PN desde 2015 sabe o quanto eu adoro a autora Sophie Kinsella. Agora em maio, a Editora Record lançou o Minha Vida (não tão) Perfeita. Mas foi através do anúncio de um novo livro, que será lançado em 2018, que eu fiquei sabendo da existência do canal dela.


Até agora a autora tem apenas quatro vídeos postados no YouTube. No entanto, já é possível ver que o seu bom humor não fica apenas nos livros. Em um deles, Sophie faz uma comparação entre espiões e escritores. E o primeiro vídeo foi uma tentativa da autora falar em italiano para agradecer aos fãs que ela encontrou em sua turnê pela Itália.
Surprise Me foi o foco do último vídeo. Ela disse que tinha acabo de terminar de escrever o livro e queria dividir essa alegria com a gente. A história é sobre um casal que ao se darem conta que terão muitos anos juntos pela frente decidem que precisam surpreender um ao outro todos dias (se eu não entendi errado). Mas como estamos falando de Sophie Kinsella é claro qu…

Irlanda: Finalmente sentindo o Craic irlandês

Quase que eu não escrevo o post de hoje. Tudo culpa da Tani. A maluca resolveu me fazer uma surpresa e, claro, para me lembrar do dia em mofei no Spire, ela me deixou esperando 2 horas no Shopping Tijuca, só para não perder o costume. Mas confesso que a espera valeu a pena, quando vi a maluca vindo na minha direção. "Meu Deus, ela tá aqui!!". Infelizmente, ou felizmente, ela vai voltar "pra europas". 

Todo mundo na despedida da Débora e do Paulo
(A partir da esquerda: Jirri, Jady, Paulo, Débora, Tani, Gustavo e eu)
No post de hoje vou mostrar fotos do dia que fomos na St. Patrick Cathedral, eu, Tani, Débora e Paulo. E no caminho de volta, fomos nos divertir um pouco no museu Dublinia, que conta a história dos vikings. 

A igreja de St. Patrick Cathedral é realmente linda. Lá em comprei um colar (que na realidade vende em várias lojas de suvenir) com um trevo, eu uso direto aqui no Brasil. Além de me lembrar dos dias bons, me sinto um pouco mais protegida. Eu já contei num post tempo atrás sobre a simbologia do trevo. Ele foi usando por St. Patrick para ensinar sobre a santíssima trindade e pregar o Evangelho na Irlanda. A Igreja é fantástica, cheia de vitrais magníficos!








No Dublinia foi a hora da diversão. O museu é super interativo, tem fantasia para vestir e tirar foto, uma maquete gigante com explicação em áudio sobre as transformações na geografia de Dublin (eu acho), tem bonecos de cera e tudo mais. Um dia quando for fazer uma post específico sobre o Dublinia, eu me aprofundo mais. 








No final do dia, fomos para o Oliver St. John Gogarty, um irish pub bem tradicional no temple bar (bairro dos bares). Nesse dia tivemos a sorte de ter uma dupla de cantores tocando algumas músicas irlandesas, o pessoal era bem animado e algumas musicas cantavam com os músicos. Eles repitiram umas três vezes a famosa música do filme PS. Eu te amo. Acredito que nesse pub foi onde consegui sentir o "craic" irlandês, esse é um termo irlandês para "diversão" (na realidade, vai muito além disso, mas vou deixar para outro post).









Mais uma vez "brazilians everywhere" e a nossa garçonete era brasileira. Conseguimos reunir bastante gente nesse dia, Daniel, Kana, Tamako, Gustavo, Jirri, Jady, Tani e Eu. Tudo para despedida da Débora e do Paulo!



Já estamos caminhando para última semana minha na Irlanda. Que triste, né? Mas no próximo post terá minha experiência com um típico café da manhã irlandês, um passeio no National Museum de História Natural e uma feira de empregos.

Comentários