Vamos falar sobre coisa séria: relacionamentos abusivos

Eu pensei muito se deveria vir aqui falar sobre isso, ainda mais por eu só ter tomado consciência de que passei por isso agora. Eu não sei se isso acontece com todas as pessoas, sejam homens ou mulheres, mas eu precisei ouvir de muita gente que estava num relacionamento abusivo para a minha ficha cair e  entender todas as coisas ruins que eu sentia.

O que me levou a finalmente a escrever esse post, em primeiro lugar, foi eu ter tomado a ciência desse problema pelo qual passei e, em segundo lugar, saber que várias outras pessoas podem estar passando ou passaram por esse tipo de relacionamento sem se dar conta.

Eu não estou falando de certo e errado, que eu não tenho defeitos e que não aceito o fato do outro ter defeitos. Não é nessa questão que mora o real problema de um relacionamento abusivo.

Se você sente que a pessoa nunca tenta compreender o seu lado; se a pessoa usa de retórica e artimanhas psicológicas para sempre te colocar como o errado da historia; se a pessoa tem atitudes de todos os tipos de natureza, seja ficando brava, te ignorando, ridicularizando, as coisas que você acha ou pensa do relacionamento; se você se sente como a única pessoa errada no final da história e não existe nenhum diálogo entre os dois para que a situação seja resolvida; se a pessoa fica sempre jogando as coisas "erradas" que você fez na sua cara; e se outros tantos "se" desse tipo fazem parte da sua vida ou do seu relacionamento com essa outra pessoa: você está sofrendo violência psicológica!

Vou transcrever ver o que uma amiga disse para mim: "Você NÃO tem culpa de nada e tudo que você ta sentindo é porque você tinha um relacionamento abusivo (...). Sério mesmo, sei que quando a gente gosta fica difícil ver isso, mas independente de qualquer merda que ele ou você tenha feito, se na relação ele te fazia se sentir mal e tinha todo esse terror psicológico que você ta vivendo até hoje é porque ele era abusivo sim".


Não vou procurar nenhuma estatística ou ficar me embasando em teorias e especialistas, porque eu vivi isso e de certa forma ainda carrego o peso desse relacionamento. Mas a questão aqui não é quem entre homens ou mulheres sofre mais abuso psicológico em seus relacionamentos, ou qual a recorrência disso dentro nos relacionamentos.

O ponto é que esse problema existe e é mais comum do que a gente imagina e isso pode estar acontecendo agora com você ou com alguém próximo ou você pode ser o "abusador" na história e ainda não tomou consciência disso.

Eu sinceramente não sei porque as pessoas fazem isso com as outras, principalmente com pessoas que elas supostamente deveriam amar e cuidar, mas se você está sofrendo por um relacionamento e não existe diálogo com o outro (porque não precisa ser só namorado, pode ser um parente, um colega de trabalho, ou o chefe), não se esconda, não tome tudo o que ele fala como verdade absoluta. Se tem alguém errado nessa história toda, não é você!

Poder falar disso com as minhas amigas e agora falar aqui no blog está me ajudando muito a superar isso. Então, não se esconda atrás dos medos que essa pessoa plantou em você, procura ajude!

Comentários

  1. Post incrível. Acho que muitas mulheres sofrem de violência psicológica na vida e não se dão conta disso. Esse texto pode ajudar muita gente. Divulgue bastante.

    Parabéns! ;)

    ResponderExcluir
  2. Post incrível. Acho que muitas mulheres sofrem de violência psicológica na vida e não se dão conta disso. Esse texto pode ajudar muita gente. Divulgue bastante.

    Parabéns! ;)

    ResponderExcluir
  3. Já me senti assim. A gente demora a superar, mas com o apoio de pessoas que nos amam, é possível. Boa e útil a postagem, Dani.

    ResponderExcluir
  4. Também passei por isso, Nina. Essas pessoas se comportam assim porque são sádicas. Algumas podem até ser psicopatas. Não há o que se possa fazer para agradar ou regenerar esses tipos. Melhor ficar longe. Beijos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário