Canal da Sophie Kinsella

Qualquer leitor que conhece o PN desde 2015 sabe o quanto eu adoro a autora Sophie Kinsella. Agora em maio, a Editora Record lançou o Minha Vida (não tão) Perfeita. Mas foi através do anúncio de um novo livro, que será lançado em 2018, que eu fiquei sabendo da existência do canal dela.


Até agora a autora tem apenas quatro vídeos postados no YouTube. No entanto, já é possível ver que o seu bom humor não fica apenas nos livros. Em um deles, Sophie faz uma comparação entre espiões e escritores. E o primeiro vídeo foi uma tentativa da autora falar em italiano para agradecer aos fãs que ela encontrou em sua turnê pela Itália.
Surprise Me foi o foco do último vídeo. Ela disse que tinha acabo de terminar de escrever o livro e queria dividir essa alegria com a gente. A história é sobre um casal que ao se darem conta que terão muitos anos juntos pela frente decidem que precisam surpreender um ao outro todos dias (se eu não entendi errado). Mas como estamos falando de Sophie Kinsella é claro qu…

O Despertar da Força (em mim)

Então, eu assisti o 7º episódio da saga Star Wars e fiquei pensando: como vou falar desse filme bafônico sem dar spoiler? Então, vou focar nos meus sentimentos e não na história em si. Foi mais ou menos assim...


O Despertar da Força foi o principal responsável por eu querer ver a saga completa. Eu tinha o plano de ver, mas ele estava na lista do "algum dia". O hype da história do filme foi (e é) tão grande que resolvi ver tudo antes de lançarem o filme.


Eu queria entender esse hype todo em volta da saga, mesmo postergando o máximo possível, quando eu abri o meu coração para a "força", ela veio com tudo. Eu gostaria de fazer um paralelo com o Despertar da Força, mas não sei o que foi mostrado no trailer e não quero dar spoiler, mas acho que foi esse sentimento de "despertar" que veio com a primeira trilogia que eu vi. 

Chewie <3 Grrwaaaawaar!

Mesmo ainda sem entender muita coisa, sem ter decorado todos os nomes dos personagens, no caminho para o cinema senti um certo frio na barriga. Como eu disse, eu não vi o trailer e mal vi os cartazes, eu realmente queria me surpreender! Tinha medo de ver algo no trailer que me desse "spoiler" dos outros filmes que ainda não tinha visto. No primeiro post que fiz, eu disse que não sabia nada sobre a saga e o pouco que eu sabia estava errado.

Irei shippar eternamente. 
Enfim, eu me surpreendi. Chorei de felicidade por ver alguns personagens, que mesmo tendo os conhecido há tão pouco tempo, me parecem tão familiares. Chorei de tristeza, porque vamos combinar, não tem um filme que não acontece uma desgraça. Eu também ri. E sai com várias dúvidas e uma vontade enorme de que os dias, os meses e o ano passem logo. Eu sai do cinema com um "e agora?" dentro de mim que anseia por respostas. 

Para não dizer que o filme é perfeitamente perfeito (rs), eu não gostei de algumas coisas que prefiro não comentar, no momento. Talvez daqui um tempo quando os spoilers não forem mais tão spoilers assim. 


O que eu mais gostei sem dúvida, como a Laila disse em seu comentário, é a Rey. Nossa, como não ficar feliz em saber que a personagem principal (ou uma das) é uma mulher. Mais do que isso, ela é guerreira, forte e maravilhosa! Eu brinquei com o Black, ao sair do cinema, falando que eu ia colocar um poster dela no meu quarto (haha). 


Recomendo não só esse filme, mas todos os outros. O único jeito de você entender, porque eu ri e chorei, e porque desse hype todo, é vendo a saga.

Obs.: Engraçado ver que esses post também viraram uma trilogia. :)

Comentários

  1. ha! Eu sabia q vc ia gostar da Rey... hehehe... Que bom, Nina, q a força te chamou (rsrs).. agora q vc a conhece não tem mais volta!!!!!

    Livros terapias / Fan page

    ResponderExcluir
  2. Danina,
    Somente agora vim ler seu texto, pois estava com medo!
    hhahaha

    de tudo o que vc disse, percebi que saímos do cinema com a mesma sensação: de "e agora?"

    maravilhoso... desesperador...

    ResponderExcluir

Postar um comentário