O diário de uma (quase) caloura: meu primeiro roteiro, trabalho em grupos e fim do período

Fazia tempo que eu não sentia esse friozinho barriga. Dessa vez é bem menor, mais como uma pequena cosquinha. Estou terminando o primeiro período da minha segunda faculdade e estou cheia de sentimentos misturados.


O que mais gostei desse semestre foi ter escrito o meu primeiro roteiro. A ideia foi criada em conjunto com o grupo (gente que grupo rs - deem o tom que vocês quiserem para essa frase) e eu fiquei bastante incomodada com o tema. Eu não sou de assistir muita série policial, até vejo uma coisa ou outra com a minha mãe, mas não sou nenhuma especialista. Enfim, cheguei a sugerir uma temática mais light com menos personagens e mais perto da nossa realidade, no entanto, não foi muito bem aceita.


No final das contas, saiu a Genes (que estreia amanhã a noite. Quando sair atualizo esse post), uma história de ficção científica de investigação. Onde um nadador morre após descobrir que está sendo usado como cobaia por uma organização. Uma investigação é inciada após a namorada do nadador (eu *vergonha*) vai na delegacia alegando que seu namorado foi assassinado.

Tivemos bastante dificuldade na parte da produção, mas acho que por ser o primeiro trabalho, ficou muito legal. Tirando os momentos de tensão, eu realmente gostei e estou pensando seriamente em registrar esse roteiro. Sabe, afinal, não deixa de ser um trabalho que fiz e todo mundo tem que começar por algum lugar.

Adorei a matéria de fotografia, mas percebi que não levo tando jeito para isso. Pelo menos na parte teórica.


A outra matéria que fiz foi Estudos em Comunicação e tenho minhas dúvidas sobre essa matéria. Eu acho que poderia ter sido mil vezes melhor. Eu senti que a professora tratava todo mundo como se tivesse no ensino médio ontem, o que de fato, não está errado. Tirando eu e algumas pessoas que mudaram de curso, a maioria saiu ano passado. Mas mesmo assim, teria sido muito melhor se ela tivesse aprofundado mais nos assuntos.

Esse meu desconforto em "querer mais" me levantar a questão de tentar o mestrado ano que vem, mas ainda não tenho certeza se estou disposta a encarar a maratona de estudos. Queria uma meio termo, sabe? haha (E quero um estágio, coisa que só vou conseguir na graduação :/ ).

Que venha 2016!

Comentários

  1. Que legal, Nina... O importante é a gente se encontrar na profissão... qdo a gente gosta da profissão tem situações difíceis... imagina se vc não gosta do q faz... Muito sucesso para vc!

    ResponderExcluir
  2. Oi Nina.
    Muito bacana o seu relato.
    Comecei minha primeira graduação agora. Já era para estar no segundo semestre, só que peguei uma greve que me custou um semestre inteiro, mas apesar de tudo, gostei bastante.
    Tentar o mestrado seria um passo bem grande e realmente vai ter que estudar bastante, é algo a se pensar. Boa sorte na escolha.
    Abraços.

    Minhas Impressões

    ResponderExcluir

Postar um comentário