Canal da Sophie Kinsella

Qualquer leitor que conhece o PN desde 2015 sabe o quanto eu adoro a autora Sophie Kinsella. Agora em maio, a Editora Record lançou o Minha Vida (não tão) Perfeita. Mas foi através do anúncio de um novo livro, que será lançado em 2018, que eu fiquei sabendo da existência do canal dela.


Até agora a autora tem apenas quatro vídeos postados no YouTube. No entanto, já é possível ver que o seu bom humor não fica apenas nos livros. Em um deles, Sophie faz uma comparação entre espiões e escritores. E o primeiro vídeo foi uma tentativa da autora falar em italiano para agradecer aos fãs que ela encontrou em sua turnê pela Itália.
Surprise Me foi o foco do último vídeo. Ela disse que tinha acabo de terminar de escrever o livro e queria dividir essa alegria com a gente. A história é sobre um casal que ao se darem conta que terão muitos anos juntos pela frente decidem que precisam surpreender um ao outro todos dias (se eu não entendi errado). Mas como estamos falando de Sophie Kinsella é claro qu…

Resenha: À Procura de Audrey - Sophie Kinsella

Olá, amigo psicoticozinhos. Esses dias eu fiz um levantamento da quantidade de resenhas que tenho no blog e confesso que não fiquei muito satisfeita. Okay que o ano passado para mim foi quase morto em relação a leitura. Eu pensei (e acho que ainda passo) por muitos momentos de depressão, o que não me dava muita vontade de ler. É triste quando algo assim começa a afetar inclusive uma das coisas que você mais gosta de fazer.


E falando em depression.... Eu li "À procura de Audrey", da autora Sophie Kinsella, que acaba abordando isso de uma maneira muito delicada, sincera e educativa. Não sei se educativa é realmente a palavra, mas o livro ensina bastante.

Audrey tem 14 anos, saiu da escola e vive trancada em casa. Ela só sai para ir na terapeuta e olha lá. Depois do episódio, que é melhor não comentar, ela descobriu nos óculos escuro um bom aliado para evitar os olhares inquisitivos das pessoas. A menina é julgada como estranha e metida a atriz famosa, por causa dos óculos. Mas para ela, eles são o seu porto-seguro. Em uma família onde a mãe acredita em todas as teorias médicas do jornal, um irmão viciado em jogos online, um pai que mal presta atenção no que as pessoas falam e um irmãozinho que quer ter um "papel de bolso"... Logo, você percebe que Audrey não é a única "estranha" nessa história. 

A história não gira apenas em torno da Audrey, pelo contrário, vire-e-mexe ela começa a falar mais sobre a família dela e dos problemas deles do que dos próprios. Diagnosticada com um quadro grave de depressão e ansiedade, acompanhamos no livro a sua luta contra o seu "cérebro reptiliano".   


Apesar de ter uma temática bem séria, a sinceridade e delicadeza usadas pela Sophie Kinsella para tratar do tema torna tudo mais agradável. Assim como Audrey, nós aprendemos o que ela tem, porque ela tem aquilo e como ela pode melhorar. 

Outro ponto muito interessante que não posso deixar de ressaltar é que a S.K. teve a brilhante ideia de colocar algumas partes do livro em formas de roteiro, o que deixou a leitura agradável e divertida. Eu não tinha folheado o livro antes, então, eu não fazia ideia e foi uma surpresa muito agradável. 



Achei fantástico como a autora falou com propriedade sobre jogos onlines, mostrando não só o lado maníaco das mães sobre serem coisa do mau, mas pelo olhar de Frank (o irmão de Audrey). Inclusive usando alguns termos técnicos. 

Apesar de ser um Y.A. (Young Adult), normalmente destinado a leitores de 14 a 21 anos, eu acredito que seja um ótimo livro para todos as idades. Mas, principalmente, professores, pais e todo mundo que se sente ou sentiu em algum momento da vida encurralado pela depressão ou ansiedade. 


História
(5/5)



Capa/Editoração
(5/5)




"À Procura de Audrey" foi o primeiro livro que fiz uma micro-resenha no Snapchat, ou um SnapBook. Eu copiei tal feito da blogueira e jornalista @Frinigeorga. É uma maneira muito diverita e rápida de você indicar livros para os seus amigos. Eu pretendo fazer isso com mais livros esse ano, então, se você quiser me seguir é me adicionar no Snap: @nina-novaes.



Comentários

  1. Ninaaa, super interessante o tema do livro... eu gosto muito deste tema depressão e ansiedade... pq convivo muito na realidade com pacientes assim... Fiquei muito interessada neste livro...

    Livros terapias / Fan page

    ResponderExcluir

Postar um comentário