Primeiro Turno: Quando o Desejo Cresce

Pensando essa semana eu me lembrei de quando eu comecei a me interessar por jogos de tabuleiro o bastante para eu decidir comprar um, na verdade, dois, queria ter mais do que uma opção para ter variedade, não ficando assim preso sempre no mesmo jogo.


Muito tempo se passou desde então e cá estou eu, contando as minhas moedas para conseguir adquirir todos os lançamentos que saíram desde janeiro, tanta coisa que eu espero a tanto tempo... Chega a ser frustrante quando você tem que dizer não para um deles, ter que escolher um para ficar de fora da sua coleção. Muito triste isso.



Mas a verdade é, eu não vou conseguir jogar todos com uma boa frequência, esse é um dos maiores problemas deste hobby, quando nossa coleção passa de um certo tamanho, fica muito difícil de boa parte dos jogos verem mesa, muitas vezes não pelo jogo ser ruim, mas por ele não conseguir se destacar o suficiente dos demais.



mas a questão é: "isso é um problema?" E a resposta, para mim, como muitas coisas na vida é ambígua, pode ser de fato algo muito ruim se você não tiver controle nenhum sobre o seu desejo e acabar comprando coisas apenas por comprar. Falo disso porque é algo que pode lhe fugir do controle sem que você note, um amigo meu mesmo veio me perguntar de algum jogo para comprar, porque ele queria algo, sendo que alguns dias antes, ele comprou dois jogos novos a valores consideráveis, acho que ele chegou até a ficar chateado quando eu lhe respondi que ele deve comprar um jogo porque ele o quer e não porque ele simplesmente quer comprar algo. 

Basicamente este virou o meu critério principal, se eu quero um jogo, ele vai entrar na minha lista, sempre tentando me afastar de jogos que nunca chegaram a me despertar tanto interesse anteriormente. sei que cada pessoa tem o seu critério, não julgo. Faça aquilo que lhe faz bem, mas com moderação, sempre! 

Sei que a maioria dos leitores do blog são amantes de livros, e claro, como tudo que pode ser (ou não) posto em uma estante vira coleção, eu me pergunto qual seria o critério de compra de livros e afins que vocês colecionam. 

Comentários