Canal da Sophie Kinsella

Qualquer leitor que conhece o PN desde 2015 sabe o quanto eu adoro a autora Sophie Kinsella. Agora em maio, a Editora Record lançou o Minha Vida (não tão) Perfeita. Mas foi através do anúncio de um novo livro, que será lançado em 2018, que eu fiquei sabendo da existência do canal dela.


Até agora a autora tem apenas quatro vídeos postados no YouTube. No entanto, já é possível ver que o seu bom humor não fica apenas nos livros. Em um deles, Sophie faz uma comparação entre espiões e escritores. E o primeiro vídeo foi uma tentativa da autora falar em italiano para agradecer aos fãs que ela encontrou em sua turnê pela Itália.
Surprise Me foi o foco do último vídeo. Ela disse que tinha acabo de terminar de escrever o livro e queria dividir essa alegria com a gente. A história é sobre um casal que ao se darem conta que terão muitos anos juntos pela frente decidem que precisam surpreender um ao outro todos dias (se eu não entendi errado). Mas como estamos falando de Sophie Kinsella é claro qu…

Diário de uma (quase) caloura: Repensando tudo (ou talvez não)

Durante o ano passado eu fiz alguns posts sobre a minha retomada ao ensino superior. Faz um ano (parece muito mais) que eu me formei em Ciências Sociais pela UFRJ. E foi um ano muito difícil , onde eu não sabia o que fazer da vida. Eis que, eu tomei a decisão de voltar para faculdade e fazer uma segunda graduação.


Senti muita dificuldade em me adaptar. Voltar aquela "vida de caloura". Sabe quando você sente que passou da idade para certas coisas? Enfim, a questão hoje que me faz repensar tudo é que eu tive que trancar por motivos financeiros. 

Grana! Nossa, são nessas horas que eu tenho raiva de toda essa ordem capitalista que rege o nosso mundo. Agora que estou indo para o meu segundo ano de recém-formada (nem sei mais se me enquadro como recém em alguma coisa depois de um ano), somado ao fato de eu não ter conseguido emprego em lugar nenhum, eu percebo o quanto não ter dinheiro é horrível! Você simplesmente não consegue por o pé fora de casa sem gastar um tostão. Eu já fiz as contas várias e várias vezes. Se eu for em um lugar que não dá para ir a pé, vou gastar quase dez reais simplesmente para ir voltar! E acreditem, 10 reais é muito para quem não recebe dinheiro algum.

A questão grana, falta de oportunidade e desmotivação na vida fizeram com que eu redirecionasse a minha vida para concursos públicos. E talvez quem sabe, eu consiga passar. E assim, talvez quem sabe eu tenha dinheiro para pagar a minha segunda graduação, ou simplesmente um pós na área de comunicação. Sabe, poder estudar simplesmente porque eu gosto, não porque preciso de um estágio para poder pagar o meu cartão de crédito no final do mês, já que não consigo emprego algum. 

Ser caloura, ser recém-formada, ser um ser-humano nesse mundão, não é fácil não, meu povo. Só sei que devia ter ouvido meus professores, minha mãe e todos antes e começado a me dedicar aos concursos antes. O jeito agora é correr atrás e, por favor, torçam por mim!

Então, no final das contas, nem é uma questão de repensar tudo. Mas adiar e apenas repensar se vale a pena mesmo fazer uma segunda graduação ou uma pós. Acredito que até eu passar em um concurso, eu já tenha tomado uma decisão. 

Comentários

  1. Olá, Nina.
    Nossa, eu te entendo. Aqui em São Paulo as coisas não são diferentes. Quantas vezes já não recusei algum convite por conta do quanto eu gastaria com a passagem?
    Como eu odeio essa lógica capitalista em que vivemos, como é totalmente injusta a seleção das empresas.
    Eu sei como é não ter dinheiro e não é nem um pouco bom, às vezes chega a ser desesperador.
    É uma boa alternativa você se dedicar aos concursos. Estou torcendo muito por você. Uma hora vai dar certo.
    Forte abraço.

    ResponderExcluir
  2. oi Nina, te entendo perfeitamente, pois passei por isso e tomei a mesma decisão que vc.... CONCURSOS PÚBLICOS. Eu me formei e fiquei 5 anos desempregada, ouvindo que não me aceitavam por não ter a bendita experiência... então recorri a concursos públicos, e hoje vejo q foi a melhor coisa q fiz na vida!!! me dediquei 1 ano só estudando e fazendo provas, no começo é difícil, depois vc vai pegando experiência com as provas e com o conteúdo... que nem precisa estudar tanto... mesmo assim eu estudava todos os dias de domingo a domingo de 8:00 a 20:00... parece loucura, mas foi assim... pq era o q queria... então passei em 2 concursos em primeiro lugar... claro q escolhi o melhor para mim... e por providencia divina, fui convocada para um hospital referencia no que mais amo trabalhar... trabalho no que amooooo, num hospital referencia e q amooooo, fiz minha monografia de especialização nele, sonhando q um trabalharia ali... mas sempre achei isso impossível, pq era muito difícil passar em concurso para este local... enfim, apoio totalmente escolha por concurso, pois na minha experiencia foi muitoooo dificil, mas sou super feliz com o resultado.... estou torcendo por vc!!!!

    Belas terapias

    ResponderExcluir

Postar um comentário