Como a música influencia nossa escrita

Olá, amores!
Quem já leu algum livrinho meu ou conhece pelo menos os títulos, deve saber que a música tem muita influência nas minhas histórias. Afinal, não é a toa que eu tenho um livro chamado Acampamento de Inverno para Músicos (nem tão) Talentosos. Tiete! também é um livro muito musical e Chinelo e Salto Alto tem uma quote de música na abertura de todos os capítulos. E, além disso, todos os meus livros tem uma playlist lá no Spotify.
Mas, mesmo assim, o link pode não parecer tão claro. E, obviamente, nossos processos criativos podem ser diferentes e você pode ter horror só de pensar em misturar música com literatura. Se for esse o caso, talvez essa coluna não seja para você. Porque hoje quero falar sobre como a música influencia meu processo de escrita e me ajuda a produzir melhor.




A música funciona basicamente de três formas principais para mim: 
a) Música como forma de inspiração quando estou bloqueada As playlists são para que os leitores possam imergir na história, é claro, ma…

Encontro com livreiros - Editoras Arqueiro e Sextante

Organizado pela Editora Sextante e Arqueiro, no dia 20 de abril, eu consegui uma vaga para acompanhar o "Encontro com Livreiros". Foi uma experiência muito diferente e deu uma vontade enorme de querer ir em mais eventos como esses.



Os organizadores nos receberam com uma mesa de café da manhã maravilhosa. Entre os convidados tinham tanto livreiros e profissionais de livrarias, como blogueiros. Acanhada do jeito que sou, acabei não falando com ninguém - ou quase ninguém. 

O evento foi apresentado por um dos donos da editora e pelas principais responsáveis pelas parte editorial e comercial. Fiquei muito feliz de ver que o time que correspondente aos cargos do alto escalão da editora são compostos por mulheres. - E que mulheres, meus amiguinhos!

Todas falaram com muita propriedade sobre os livros e, como se trata de um evento para livreiros, elas fizeram uma introdução as obras muito boa. A apresentação era tão envolvente que você sentia vontade de sair correndo da sala do cinema para ir comprar um exemplar. Isso se deu principalmente, porque elas davam exemplo pessoais de como aquele livro se encaixava em suas vidas, tornando a apresentação mais pessoal e próxima de todos que estavam ali, seja como livreiros, blogueiros e, até mesmo, como leitores.

Os editores aproveitaram para reforçar os seus valores no mercado editorial. Ressaltaram que a importância que dão em levar aos seus leitores livros importante e que podem realmente influenciar de forma positiva em suas vidas. Mas gostei particularmente de como eles se preocupam em ouvir os seus leitores. O exemplo que eles deram foi a escolha da nova capa do livro do Nicholas Sparks, onde todo mundo já estava cansado de ver "casais quase se beijando" e, em votação aberta, essa capa que ganhou:



Entre alguns dos lançamentos apresentados temos (clique nas fotos para ampliar):







Mas para mim, a grande estrela do momento da Editora Arqueiro é a Thalita Rebouças. No dia 16 de maio teremos o lançamento do livro "Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática" - Vou falar um pouco mais dele sexta em um post exclusivo para ele! E foi justamente essa mulher que - caiu do céu - e sentou do meu lado que fez com que eu não saísse completamente muda do evento.


Comentários