Canal da Sophie Kinsella

Qualquer leitor que conhece o PN desde 2015 sabe o quanto eu adoro a autora Sophie Kinsella. Agora em maio, a Editora Record lançou o Minha Vida (não tão) Perfeita. Mas foi através do anúncio de um novo livro, que será lançado em 2018, que eu fiquei sabendo da existência do canal dela.


Até agora a autora tem apenas quatro vídeos postados no YouTube. No entanto, já é possível ver que o seu bom humor não fica apenas nos livros. Em um deles, Sophie faz uma comparação entre espiões e escritores. E o primeiro vídeo foi uma tentativa da autora falar em italiano para agradecer aos fãs que ela encontrou em sua turnê pela Itália.
Surprise Me foi o foco do último vídeo. Ela disse que tinha acabo de terminar de escrever o livro e queria dividir essa alegria com a gente. A história é sobre um casal que ao se darem conta que terão muitos anos juntos pela frente decidem que precisam surpreender um ao outro todos dias (se eu não entendi errado). Mas como estamos falando de Sophie Kinsella é claro qu…

Resenha: The Cursed Child

Comprei o The Cursed Child, como vocês bem sabem, na virada. Levei meu tesourinho para casa e falei que não ia ler tão cedo. No outro de dia de tarde, já estava terminando a primeira parte. O medo de acabar a segunda parte tão rápido como acabei a primeira ~ além de outras questões da vida adulta ~ me fizeram postergar a leitura. Em duas noite, terminei a segunda parte.


Fazia tempo que eu não alimentava o meu canal no Youtube e a pedido de um dos leitores/amigo do blog, Felipe, resolvi fazer a resenha do The Cursed Child em vídeo. Claro que estou longe de ter desenvoltura e quase chorei gravando o vídeo, porque a bateria estava acabando e eu não conseguia organizar as ideias na minha cabeça ~ sério, meu olho encheu de lágrimas. Mas graças aos deuses da bateria, consegui gravar o vídeo sem muito problemas e o resultado está aí:


Como ficou um pouco óbvio, os meus pensamentos são meio aleatórios ~ isso porque fiz uma listinha do que falar. Então, para quem não curti muito vídeos, eu vou fazer um resumo do que falei aqui.

Bem, acho que não é de espantar que amei! A J.K. Rowling tratou a história e os fãs com muito respeito. Isso foi o que me deixou mais comovida. Ela se preocupou em colocar personagens chaves na história, mesmo que de forma indireta.


Eu simplesmente amei a personalidade dos novos personagens, inclusive, as transformações dos "velhos". Albus é irritante e o seu jeito díficil faz sentido por toda pressão que ele tem em ser filho dO Harry Potter. Scorpious é a minha paixãozinha nesse livro e também faz todo sentido ele ser como é. Senti falta da Rose, filha do Rony e Hermione, aparecer mais na história.

O oitavo livro traz com muita força a questão de querer mudar a passado e mais do que isso, fala bastante das consequências que isso pode trazer. Adorei como isso foi tratado na história.

Para quem está complemente por fora, o livro na realidade é um roteiro. E se você nunca teve a experiência de ler um texto nesse formato, acho que seria ótimo começar pelo Harry Potter. Se você não leu os outros livros, tudo bem, só recomendo que tenha assistido aos filmes.

Fiquei chocada, sorri, chorei... Um livro totalmente nostálgico e que estou louca para ler em português ~ porque sou dessas!

E uma coisa importante: #KeepTheSecrets

Não seja um babacão soltando spoiler na internet ou para os seus amigos, já tem muita gente chata que faz isso. Tanto que criaram essa tag para "manter os segredos". Da mesma forma que você se surpreendeu com a história, as outras pessoas também querem.

Comentários