Resenha: Conquistada por um Visconde, de Stephanie Laurens

Olá galera!

Na nossa coluna de hoje teremos a resenha de "Conquistada por um Visconde", o primeiro volume da série irmãs Cynster, que eu recebi da Harper Collins Brasil mês passado! A série é uma trilogia e eu recebi os dois primeiros volumes. Muito em breve tem resenha de "Salva por Um Cavalheiro" por aqui!

Foto: @claraguta



Para início de conversa, o livro é um romance de época. Quem me acompanha nas redes sociais sabe que Domingo passado eu fui ver a Julia Quinn. Ela e a Patricia Cabot (pseudônimo da Meg Cabot para esse tipo de livro) foram as responsáveis por me fazer começar a gostar do gênero (fora as indicações da Aimee Oliveira, claro).

Ó eu e Julia rainha! Não sei se vocês concordam,
mas eu acho que a gente tem algum traço de semelhança??
Mas vamos lá falar de "Conquistada Por Um Visconde"! Primeiramente queria agradecer muito à Harper Collins pelo envio e dizer que amei a oportunidade!

"Conquistada Por Um Visconde" conta a história de Heather Cynster, uma menina bem cabeça-dura e ligeiramente prafrentex considerando a época que está vivendo. Ela resolve ir a um evento social que não deveria, totalmente inadequado para jovens senhoritas. E ela está aí? Claro que não! Quer ter as rédeas de sua vida, experimentar novas situações e, de preferência, aproveitar muito no processo. E se isso fosse em uma festa ligeiramente libertina, por que não? :P

Heather não contava que o Visconde Breckenridge, um belo amigo de sua família, estaria na festa. Horrorizado com a presença da dama naquele tipo de local, ele a tira da festa e a manda para casa. Nessa confusão (afinal, vocês acharam mesmo que a Heather aceitaria ir embora de boa? Nananinanão), Heather acaba sendo SEQUESTRADA! Bem na porta da festa!!! Desesperado com a situação, Breckenridge sai em seu encalço!

Quando Breckenridge a alcança e consegue fazer contato, adivinhem?
Isso mesmo: Heather não tem intenção de deixá-lo "salvá-la".

Essa foto linda é do blog Leitora Voraz

Com o pouco que conseguiu conversar com seus sequestradores, ela descobriu que o mistério é muito maior do que um simples sequestro e quer ficar junto com os sequestradores para juntar as peças do quebra-cabeça. Parece louco? Um pouco! O que nos deixa com uma pulga atrás da orelha desde o início é que os sequestradores tratam a menina super bem. Por que? Pois é! Um mistério que você só vai descobrir lendo :P

Heather e Breckenridge tornam-se cúmplices nessa tentativa de desmascarar os criminosos, entender para quem eles trabalham e, verdadeiramente, o que objetivam com o sequestro dela. Ficamos ansiosos para saber, tanto quanto eles!

No meio dessa trama toda, fica a lembrança: os dois estão desaparecidos. Todos da cidade especulam que estão juntos. Será que isso significa um casamento iminente? Se sim, como convencer Breckenridge - um jovem libertino que adora frequentar festas de reputação duvidosa - que ele precisa se casar com a mulher mais cabeça dura que ele já conheceu na vida?

Um livro para encantar os fãs de romances históricos, especialmente aqueles que adoram um casal que vive discutindo e tem problemas de comunicação, rs! Para arfar, ficar nervosa e dar até boas gargalhadas, "Conquistada por um Visconde" é um livro perfeito para fazer parte da sua estante!

Saiba mais em: http://www.harpercollins.com.br/livro/salva-por-um-cavalheiro/

Comentários

  1. Oi Clara! Conquistada por um Visconde não foi uma das minhas melhores leituras do gênero, mas gostei de conhecer a narrativa da autora, que é bastante detalhista. As cenas mais quentes são bem interessantes, são longas, mas nada descritivas puxando para o lado explicito da coisa, é mais uma coisa de descrição de sentimentos e sensações, eu gostei bastante disso!

    Beijos Joi

    ResponderExcluir

Postar um comentário