Minha lista de desejos para Bienal do Livro (Autorxs)

Quem segue o Instagram da Bienal do Livro do Rio, já está sabendo de algumas confirmações de autoras e autores que estão no evento desse ano. Mas como não custa sonhar, eu vou dividir com vocês alguns das pessoinhas internacionais que eu gostaria de ver por aqui.

Essa é minha cara de sofrência registrada pela Bienal do Livro quando fiz a primeira pergunta para Sophie Kinsella. Fonte.

Para começar, eu não estou escondendo de ninguém que eu gostaria muito que a Angie Thomas do "The Hate U Give" viesse ao Brasil. E como a autora só tem esse livro lançado, acho que faria mais sentido ela participar de uma Bienal. Sem contar que seria ótimo para divulgação do livro e isso ajudaria na abertura de debates importantes que são tratados pela autora. Eu fiz uma resenha do livro que você pode conferir aqui


Jojo Moyes. Eu sei parece bastante ridículo da minha parte ficar repetindo isso, mas acho que seria muito bom se ela voltasse para a Bienal do Rio. A autora esteve em terras brasileiras no comecinho do mês de maio, mas foi tudo tão rápido. Seria muito bacana ela poder fazer uma turnê em outras cidades e, claro, dar uma passadinha na Bienal.


Eu não sei se teria um motivo muito grande além do fato de ele ser ele e ter um monte de livros publicados aqui no Brasil, mas eu gostaria muito que o John Boyne viesse para cá. Não sei se estou errada, mas acho que ele nunca veio e eu iria pirar na batatinha se ele fosse confirmado. Para quem não sabe, ele é autor do "O Menino do Pijama Listrado", um best-seller mundial.


Outra autora que veio a pouco tempo para o país foi a Jennifer Niven, mas não seria nada mal se ela voltasse, né? Ano passado a autora esteve na Bienal do Livro de São Paulo e chegou a fazer um turnê pelo país. Foi nessa época que a conheci e fiquei louca para ler os seus livros - tem uma resenha do Juntando os Pedaços no Estante Diagonal. A autora é mais conhecida pelo livro Por Lugares Incríveis que aborda a temática de suicídio. Em tempo de 13RW, ela poderia ser uma porta-voz dos autores de sick-lit que tratam desse tema e pelo que eu acompanho no instagram da autora, ela vive viajando para divulgar o seu trabalho. Então, VOLTA JENNIFER!


Eu não sei se seria viável, BUT eu queria muito ver a Nicola Yoon entre as autoras confirmadas. A Editora Arqueiro está investindo bastante na divulgação do seu livro "O Sol Também é uma Estrela" e acho que ela faria bastante sucesso se viesse. Só tenho medo que a agenda dela esteja muito lotada depois da estreia do filme "Tudo e Todas as Coisas" baseado em seu livro homônimo. Acho que eu teria um ataque cardíaco se rolasse um debate entre ela e a Angie Thomas! 


Chega a passar alguns (muitos) outros nomes na minha cabeça - cof cof, Sophie Kinsella. Mas não quero que esse post fique gigante. Então, eu deixo a bola com você. Escreva aqui nos comentários quem você gostaria de ver nessa Bienal (ou mesmo fazendo uma turnê pelo país esse ano) ou escreva um post no seu blog e me avise quando postar. Vou adorar conferir a sua listinhas!

Comentários

  1. Não reclamaria nem um pouco se a Nicola viesse! ♥

    ResponderExcluir
  2. Nina, que sonho seria se a Angie Thomas e Nicola Yoon viessem!

    ResponderExcluir

Postar um comentário