Canal da Sophie Kinsella

Qualquer leitor que conhece o PN desde 2015 sabe o quanto eu adoro a autora Sophie Kinsella. Agora em maio, a Editora Record lançou o Minha Vida (não tão) Perfeita. Mas foi através do anúncio de um novo livro, que será lançado em 2018, que eu fiquei sabendo da existência do canal dela.


Até agora a autora tem apenas quatro vídeos postados no YouTube. No entanto, já é possível ver que o seu bom humor não fica apenas nos livros. Em um deles, Sophie faz uma comparação entre espiões e escritores. E o primeiro vídeo foi uma tentativa da autora falar em italiano para agradecer aos fãs que ela encontrou em sua turnê pela Itália.
Surprise Me foi o foco do último vídeo. Ela disse que tinha acabo de terminar de escrever o livro e queria dividir essa alegria com a gente. A história é sobre um casal que ao se darem conta que terão muitos anos juntos pela frente decidem que precisam surpreender um ao outro todos dias (se eu não entendi errado). Mas como estamos falando de Sophie Kinsella é claro qu…

Minhas resenhas no Estante Diagonal II

Ainda não completou um ano que faço parte do Estante Diagonal, o melhor banco de resenhas e críticas de filmes e séries que você pode frequentar, e nem dois meses que fiz um post falando sobre as minhas últimas resenhas. E, acredite se quiser, já um listinha razoável de novas resenhas que eu fiz por lá.


Talvez alguns de vocês sintam um pouco de falta de ter resenhas de livros por aqui com mais frequência, mas eu acredito que Estante Diagonal é um extensão do trabalho que eu faço aqui. E você me prestigiar lá é tão bom quanto passar aqui no PN - se possível prestige o conteúdo dos dois hehe. Mas vira e mexe, eu e a Clara estamos recebendo livros da Harpercollins Brasil e confesso que tenho uma pilha bem grande de livros pessoais aqui para ler. 

O legal do Estante Diagonal é ter a oportunidade de ler lançamentos de várias editoras e muitas vezes sair um pouco da minha zona de conforto - ou sair totalmente! 
Em março, assim como a Clara cobriu o evento de "Encontro com Livreiros" da Editora Arqueiro/Sextante, eu cobri para o Estante Diagonal. Eu fiquei bastante preocupada em trazer um panorama completo de como foi o evento com bastante fotos para ilustrar. O conteúdo é bem parecido com que o que você encontra aqui no PN, mas lá você pode conferir o meu ponto de vestida dessa manhã maravilhosa.


Logo depois saiu a resenha do meu primeiro livro lido da Darkside e não era qualquer livro. Eu fiquei incumbida de ler Twin Peaks, um livro sobre uma série televisiva do começo dos anos 1990. Um, eu nunca tinha ouvido falar dessa série. Dois, era uma não-ficção. Pelo menos para mim é (ou era) muito raro eu disponibilizar o meu tempo para ler ao assim. Eu simplesmente me encantei em descobrir mais sobre os bastidores dessa série, que aliás eu tive que ir atrás para conhecer e ver um pouco. 

O Estante Diagonal me proporciona diversos contatos novos no mundo da literatura. Pela primeira vez eu li um livro Haruki Murakami, um grande escritor japonês. Foi um pouco difícil lidar com os primeiros escritos do autor sem nunca ter lido as suas obras mais populares. Mas esse foi mais um desafio cumprido com sucesso. 


Já em abril, eu li "Garotas em Pedaços". Ele é um sick-li bem pesado, mas muito bem escrito pela autora Kathleen Gasglow. Foi muito difícil ler esse livro, acredito que mais do que ler Haruki Murakami sem conhecê-lo. Na resenha eu explico melhor como foi a minha experiência com esse livro e porque mesmo tendo sido uma leitura difícil ele merece cinco estrelas. 

"O Livro do Cinema" foi meio que eu presente. Eu estava louca por um livro que falasse sobre cinema, depois de ter sido bem influenciada pela não-ficção Twin Peaks. E foi que surgiu a possibilidade de receber ele como parceria da Globo Livros. Eu me perdi em suas páginas, adorei as curiosidades e aprendi um pouco sobre as referências de cada filme. Sem contar que ele é esteticamente maravilhoso!


Por fim, na última semana saiu a minha resenha do livro O Muro. Foi um leitura interessante que ao meu ver teve alguns "defeitos". Ainda assim, o livro traz um proposta muito interessante sobre regiões em conflitos e o florescimento de amizades. Parece um pouco com "O Menino do Pijama Listrado"? Sim. Mas infelizmente não chega aos pés. 

Comentários

  1. adorei conferir suas resenhas, to doida por esse livro do twin peaks, e tbm pela segunda temporada da serie!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir

Postar um comentário