Canal da Sophie Kinsella

Qualquer leitor que conhece o PN desde 2015 sabe o quanto eu adoro a autora Sophie Kinsella. Agora em maio, a Editora Record lançou o Minha Vida (não tão) Perfeita. Mas foi através do anúncio de um novo livro, que será lançado em 2018, que eu fiquei sabendo da existência do canal dela.


Até agora a autora tem apenas quatro vídeos postados no YouTube. No entanto, já é possível ver que o seu bom humor não fica apenas nos livros. Em um deles, Sophie faz uma comparação entre espiões e escritores. E o primeiro vídeo foi uma tentativa da autora falar em italiano para agradecer aos fãs que ela encontrou em sua turnê pela Itália.
Surprise Me foi o foco do último vídeo. Ela disse que tinha acabo de terminar de escrever o livro e queria dividir essa alegria com a gente. A história é sobre um casal que ao se darem conta que terão muitos anos juntos pela frente decidem que precisam surpreender um ao outro todos dias (se eu não entendi errado). Mas como estamos falando de Sophie Kinsella é claro qu…

Resenha: Mil Pedaços de Você - Claudia Gray

Olá, psicóticos!

Como vocês devem ter visto no meu instagram (claraguta) ou no Book Haul do canal, os últimos recebidos da Harper Collins Brasil foram o maior lusho! Eles mandaram a trilogia Firebird (Mil Pedaços de Você, Dez Mil Céus Sobre Você e Um Milhão de Mundos Com Você) e a resenha de hoje vai ser do primeiro livro - que eu amei!


Para início de conversa, acho justo falar que eu não sou muito fã de distopias. Normalmente eu leio o primeiro livro amarradona, adoro o segundo e mal consigo terminar o terceiro (eu não cheguei a terminar Esperança, de tão péssimo que eu achei. Também não terminei Convergente, fui pulando pedaços). 

Na verdade, Mil Pedaços de Você é mais ficção científica que distopia, ainda que dentro da ficção científica, exista distopia. Confuso? Explico: o livro conta a história de Marguerite Caine, que é uma pintora e filha de dois cientistas mundialmente aclamados pelas suas descobertas. Seus pais acreditam que o universo tem diversas dimensões e estão trabalhando em um aparelho (o Firebird) que permite que as pessoas transitem entre elas.



Parece muito louco? É um pouco. Mas Claudia Gray foi mestra em explicar essa complexidade toda de forma muito inteligível. Eu aprendi mais sobre física quântica lendo os primeiros capítulos do livro do que eu aprendi em uma vida toda, rs.
“(Parece que, quando as pessoas viajam de uma dimensão a outra, suas formas físicas ‘não são mais observáveis’, o que tem alguma coisa a ver com mecânica quântica, e para explicar isso seria necessário contar uam longa história sobre um gato numa caixa que pode ao mesmo tempo estar vivo e morto até que alguém abra essa caixa... É bem complicado. Nunca pergunte a um físico sobre esse gato.)"
Nas outras dimensões, as mesmas pessoas dessas podem existir. Só que elas são ligeiramente diferentes por conta de decisões diferentes que foram tomadas no passado. Por exemplo, lembra aquela decisão difícil que você teve que tomar? Que poderia fazer sua vida seguir por X ou por Y? A sua versão em outra dimensão pode ter tomado a decisão contrária da sua e ter uma vida totalmente diferente. As outras dimensões também podem ser em realidades completamente bizarras e distópicas e é por isso que tem um pouquinho de distopia dentro da ficção científica.

Marguerite participa da vida dos pais e de suas invenções, mas com alma de artista ela não entende tanta coisa. Os pais trabalham na casa deles, onde a família toda mora. Além disso, os ajudantes no projeto também dividem o mesmo teto com eles. Na etapa final do Firebird, onde o livro se passa, esses ajudantes são Paul e Theo. Paul é um menino recluso, muito inteligente e por quem Marguerite nutre uma quedinha secreta. Já Theo é expansivo, ligeiramente descuidado e vive flertando com ela.



Já na reta final da elaboração do Firebird, o pai de Marguerite sofre um acidente de carro que parece ter sido forjado! Ou seja, Henry Caine foi assassinado! E a pior parte: todos os indícios apontam para Paul! Ele pegou um Firebird e desapareceu, provavelmente cruzando as dimensões! Marguerite, dividida entre o ódio e a dor, resolve iniciar uma busca desesperada atrás do suposto assassino, acompanhada de Theo. Ele também tinha protótipos do Firebird acessíveis e funcionais, então os dois partem em uma busca por Paul através das dimensões.
"Meu ódio é mais forte que as dimensões, mais forte que a memória, mais forte que o tempo. meu ódio é agora a parte mais verdade do que eu sou." 
Não sei como falar desse livro sem dar spoilers! Ele é cheio de reviravoltas o tempo todo! Pense num livro que te surpreende! Agora multiplica por 3! Você chegou perto de entender o que o enredo de Mil Pedaços de Você faz com o coração dos leitores. Todas as suspeitas que eu vinha carregando durante o livro foram jogadas de cabeça para baixo e eu tive que devorar a segunda metade do livro, desesperada para saber a verdade.

Sobre a edição: está maravilhosa! A capa de todos os livros da trilogia é incrível, a diagramação é impecável, o livro é todo decorado por dentro e, eu juro, ele tem um cheirinho maravilhoso de livro! Eu adoro cheirinho de livro, mas o cheiro dessa trilogia é especialmente gostoso! Vai saber! :D

Agora já estou começando a leitura de Dez Mil Céus Sobre Você – sequência da trilogia! Se tudo der certo e eu continuar tão engrenada e envolvida na história, semana que vem tem resenha aqui para vocês! Leiam Mil Pedaços de Você, galera! Vale muito a pena!

Comentários

  1. eu gosto bastante de ficção cientifica, esse livro já chama atenção pela capa, curti sua resenha

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Oiii Nina

    Tb acabei de comprar a trilogia completinha e espero embarcar nessa história o quanto ants pois adoro a escrita da Claudia Gray. Além disso, todo esse enredo de universos paralelos, romances fofos e reviravoltas mil me encanta e fascina, com certeza sei que vou gostar dessa trilogia.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Tô odiando esse negócio de ler resenha de livros kkkkk
    dai fico querendo ter todos kkkkkkkkkkkkkkk
    Sempre comprei livros pela capas, ou aqueles livros que não tem como fugir, tem spoiler até no box do banheiro. kkkkkkkkk - nunca lia as sinopses do fundo, queria ser pega de surpresa de acordo ao que o destino mandasse.
    Mas agora é tarde e eu tbm quero esse livro mutcho loco!kkk
    beijos
    www.omundodatutty.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Nina! Eu amo ler resenhas pois sempre encontro leituras que nunca me chamaram a atenção, me cativando. Adorei a resenha! E esses trechos? Amo a forma descontraída como você escreve. Mesmo sem te conhecer pessoalmente, parece que está falando comigo informalmente.
    Super beijo ♡
    Resenhando por Marina

    ResponderExcluir

Postar um comentário