Programação da Flip 2017

Amanhã (26) começa em Paraty, interior do Rio de Janeiro, a 15ª edição da Feira Literária Internacional de Paraty. O evento acontece todos os anos na pequena cidade de estilo colonial. Apesar de ser  uma feira internacional, o grande destaque é sempre da literatura brasileira. Não apenas os nomes já consagrados têm espaço por lá, a feria costuma abrir caminho para muitos autores da nova geração. Esse ano a Flip vai até o dia 30 de julho (domingo) e tem como tema a diversidade.

Foto:Fernando Frazão/Agência Brasil

A cada ano os curadores escolhem um escritor para ser homenageado. Para 2017, o autor carioca Lima Barreto foi o grande escolhido! A feira pretende tanto abordar a importância de suas obras para os estudos da sociedade brasileira, como a sua trajetória em um cenário literário nacional que era praticamente estrangeiro. No site da Flip, a curadora da feira, Joselita Aguiar declara que gostaria que esse debate contribuísse principalmente para revelar o grande autor que é Lima Barreto e destacar a sua expressão literária inventiva que estava a frente de sua época. 

Além de uma programação completa que envolve debates entre escritores, estudiosos e profissionais do meio - normalmente focados no tema e autor homenageado - a Flip também conta com uma programação alternativa. A Flippinha, conhecida por seus Pés de Livro e jovens mediadores de leitura tem como objetivo tornar a literatura mais atraente para as crianças e adolescentes. Já a FlipZona traz debates e mesas literárias sobre a literatura como um direito humano. O programa completo, você encontra nesse link


Infelizmente, eu nunca tive a oportunidade de conferir de perto esse evento que parece puro amor literário. Pelo que já vi em fotos e reportagens, a Flip consegue fazer um mix de literatura, cultura e atualidade com um clima bastante intimista. Talvez a única coisa que desanime é o preço dos ingressos que chega a R$55 a inteira, pelo que entendi, por mesa de debate! E se o valor não te assusta pode tirar o cavalinho da chuva mesmo assim. Praticamente todos os ingressos estão esgotados. O jeito é se programar para a próxima edição ou aproveitar o que for de graça. 

Para quem não vai ao evento (como eu) pode acompanhar o que está acontecendo através das redes sociais de editoras e livrarias que confirmaram presença no evento, entre algumas delas estão: Companhia das Letras, Intrínseca, Leya, Rocco, Editora Planeta e Livraria da Travessa. Mas se você for, não esquece de vir me contar tudinho!

Comentários

  1. Acho que já li um livro do Lima Barreto na escola... O homem que falava javanês

    Nunca fui à flip e não será esse ano, porque meu coração só consegue ter olhos pra bienal rs

    ResponderExcluir
  2. ah que máximo essa programação! eu sempre quis ir numa flip, eu adoro Paraty e o evento literário deve ser mt incrível!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir

Postar um comentário