Deixa as pessoas: preconceito com gênero literário?

Hoje a coluna é pra ser curta e grossa, como a resposta que todos nós precisamos dar para qualquer um que começar a bostejar qualquer tipo de preconceito do nosso lado. Hoje vamos falar de preconceito com gêneros literários e a necessidade que certas pessoas sentem de denigrir um gênero em favor de outro ou de categorizar todo um gênero como algo completamente sem prestígio e sem valor.
No final do ano passado, a internet foi tomada por debates sobre esse assunto depois que um post ridículo de um ser humano que falava basicamente o que comentei no parágrafo aí de cima. Essa não foi a primeira vez que uma discussão do gênero assolou as redes sociais e, com certeza, também não será a última. O preconceito literário existe e está sendo difundido por aí. É nossa obrigação como leitores e escritores lutar contra ele.
"Mas, Clara, o que é preconceito literário?"
Se você vive embaixo de uma pedrinha e não teve o desprazer de ver ninguém comentando nada nocivo sobre livro nenhum, t…

Eu fui no show do Rouge

E não, não estamos em 2004.

Foto: @carolcaminha

Depois de alguns vídeos "despretenciosos" no Youtube de encontro das meninas (por sinal, o de Um Anjo Veio Me Falar, assistam! Arrepios mil) pra atiçar a alma dos pré adolescentes do anos 2000, eis que de repente o Rouge voltou e já tinha show marcado, e meus queridos, com Luciana! SIM! As CINCO no mesmo palco, 15 ANOS DEPOIS!

Eu vi e já fiquei de plantão pra comprar o ingresso pro show do dia 13 de outubro, porém não podia estar no PC atenta pra comprar e acabaram em menos de uma hora. Mas você quer retorno lacrando, @? Pois é, elas viram a loucura e marcaram outra apresentação para o dia 14, meu amigo que era fã louco virou pra mim e disse: "Tô comprando, vamo?" Eu, claramente, só fui.

Foto: @carolcaminha

Gente, a fila tava um negócios de louco, eu nunca tinha visto algo daquele jeito, dava voltas e voltas, mas estávamos focados em viver aquele momento plenos, sem estresse e esmagamentos porque o local era pequeno e daria pra ver de qualquer forma. Entramos e ficamos praticamente colados nos bar, não passou 5 minutos me entra Igor Rickli exaltando as meninas, falando que era marido da Rouge, e todo mundo louco por ele e por elas, uma gritaria, várias telas de celular prontas pra filmar e elas surgem subindo de um elevador por dentro do nome gigante delas no palco.

Minha gente, foi uma loucura, uma nostalgia misturada a toda a produção que tava maravilhosa, figurino, palco, som, etc. Eu nunca me diverti tanto num show, eu consegui fazer tudo sem ficar com a sensação de que perdi algo. Eu gritei, cantei todas as músicas achando que não ía lembrar de nenhuma, filmei, chorei (em Não Dá Pra Resistir, pois é), dancei (RAGATANGA, SIM SENHORA), fui PLENA! Saí de alma lavada, foi maravilhoso. Espero que muitos outros possam vir (elas vão sair em turnê ano que vem!), porque se tem uma certeza que eu saí desse show é que O MEU ROUGE TÁ VIVO!

Foto: @carolcaminha

Comentários

  1. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
    Que invejinha de você! Eu praticamente surtei quando fiquei sabendo que elas estavam voltando <3
    Espero conseguir ir em um show no próximo ano \o/

    Beijos e bom fim de semana!

    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário