Crítica: Cartão de Natal

Olha elaa! Cheia de crítica de filme saindo! A vida tá difícil, mas a gente tá tentando manter o desafio de pé e aproveitando para mergulhar de cabeça em filmes natalinos quando tudo está uma bosta. E fazer o quê se às vezes tudo está uma bosta mesmo quando faltam só 5 dias pro Natal, né?

O filme de hoje se chama "Cartão de Natal" e é um bônus. Ele originalmente não estava na lista do desafio, até porque eu comecei esse desafio em Novembro e o filme só foi anunciado pela Netflix muito depois, para lançamento no dia 15/12. Fazer o quê, né? Tive que comprimir meus horários e enfiar esse filme no meio. Um filme Netflix é sempre imperdível.



 

Nossa querida protagonista nessa história se chama Ellen e ela é uma socialite. Seu pai é dono de um império de lojas, fundada junto com seu tio. Seu pai já está perto de se aposentar e o grande sonho de Ellen é ser a nova CEO da empresa. O problema é que ela é um pouco desajuizada e acha que coisas como fazer saltos de ginástica olímpica no meio de um evento da empresa porque ela foi desafiada por um cara qualquer é algo perfeitamente aceitável.

Preocupado com a filha, que muito tem se afastado e se fechado desde que a mãe morreu, seu pai a manda para Snow Falls, uma cidadezinha minúscula, onde seu pai viveu e onde seu tio resolveu fixar residência. Ele quer que ela aprenda sobre o espírito da empresa, mas também sobre altruísmo e amor ao próximo. O objetivo da viagem é que Ellen cumpra uma tradição familiar. Seu pai e seu tio sempre trocam cartas de Natal e elas ficam guardadas em uma caixona (essa que ela está segurando na foto). Todos os Natais o tio e o pai escrevem um para o outro e, em todo Natal a caixa muda de um para o outro.



Querendo orgulhar o pai, Ellen contraía os desejos do noivo (outro ryco) e vai para Snow Falls, desejando fazer tudo o mais rápido que pode. Deixar a caixa lá e ir embora correndo. Afinal, já tem planos para o fim de ano com o boy. As coisas começam a dar errado no momento que ela pisa na cidade, porém. A mala dela é atropelada por um taxista, que também é (a) o único taxista da cidade e (b) o dono da pousada onde ela vai se hospedar. Já viu, né? Quando ela finalmente consegue chegar na hospedagem, descobre que o tio saiu da cidade naquela manhã e que não tem previsão de retorno!

Um filme sobre tradição, amizade e amor. Alegre, emocionante e acolhedor na medida certa. E a melhor parte: com foco no espírito natalino, coisa que eu precisava muito renovar :)

Cartão de Natal

Ano: 2017Duração: 1h44min
Classificação: LivreElenco: Eliza Taylor, Jake Lacy, Andie MacDowell
Sinopse: Para herdar a empresa da família, a socialite Ellen precisa visitar a cidadezinha de origem do pai. Lá, ela aprenderá a valorizar o altruísmo e o trabalho duro.



Comentários