Como a música influencia nossa escrita

Olá, amores!
Quem já leu algum livrinho meu ou conhece pelo menos os títulos, deve saber que a música tem muita influência nas minhas histórias. Afinal, não é a toa que eu tenho um livro chamado Acampamento de Inverno para Músicos (nem tão) Talentosos. Tiete! também é um livro muito musical e Chinelo e Salto Alto tem uma quote de música na abertura de todos os capítulos. E, além disso, todos os meus livros tem uma playlist lá no Spotify.
Mas, mesmo assim, o link pode não parecer tão claro. E, obviamente, nossos processos criativos podem ser diferentes e você pode ter horror só de pensar em misturar música com literatura. Se for esse o caso, talvez essa coluna não seja para você. Porque hoje quero falar sobre como a música influencia meu processo de escrita e me ajuda a produzir melhor.




A música funciona basicamente de três formas principais para mim: 
a) Música como forma de inspiração quando estou bloqueada As playlists são para que os leitores possam imergir na história, é claro, ma…

Livros lidos em Janeiro

Olá, povo!

Estou inaugurando uma nova modalidade de coluna que quero postar todo mês aqui para vocês! Vou contar todos os livros que li no mês anterior na primeira sexta-feira do mês seguinte. Ficou confuso? Minha coluna aqui no Psicose é sempre sexta feira. Hoje é a primeira sexta-feira do mês de Fevereiro e eu vou contar para vocês todos os livros que li em Janeiro e o que achei deles. Não chega a ser uma resenha de cada um, mas sim um bate-papo bem rapidinho mesmo.

Esse mês estou com vergonha de dizer que só li dois livros e comecei um terceiro, mas ainda não acabei. Em minha defesa, passei o mês quase todo viajando e esses dois que eu li foram basicamente nos aeroportos e voos da vida, rs.

Motivo pelo qual eu li pouco esse mês. Todos os registros estão lá no meu insta @claraguta

Mas mesmo assim, vale falar! Eu gostei muito dos dois e também estou gostando muito desse terceiro, que vou falar mais mês que vem, quando contar sobre as leituras terminadas em Fevereiro.




Primeira leitura de Janeiro/2018


Título: Três Coisas Sobre Você
Autor: Julie Buxbaum
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance Jovem
Para saber mais: clica aqui.
Estrelinhas: 5


Sinopse: Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante...
****
tenho observado você no colégio. não de modo doentio, mas agora me pergunto: será que o simples fato de eu ter usado a palavra “doentio”, por definição, me torna doentio? de qualquer forma, acontece que... você me intriga. já deve ter notado que a nossa escola é um mundo vasto de Barbies e Kens, quase todos louros e de olhos vazios, e alguma coisa em você – no seu jeito de andar, falar e na verdade não falar, apenas observar a todos nós como se fizéssemos parte de um documentário bizarro do National Geographic – me faz pensar que você pode ser diferente de todos os idiotas da escola.
eu fico com vontade de saber o que se passa nessa sua cabeça. vou ser sincero: não costumo me interessar pelo que há na cabeça dos outros. a minha já dá trabalho suficiente.
o objetivo deste e-mail é oferecer meus conhecimentos. desculpe ser o portador de más notícias: não é fácil se orientar nos territórios ermos do colégio Wood Valley. o lugar pode parecer caloroso e receptivo, com a ioga, a meditação, os cantinhos de leitura e o carrinho de café (desculpe: o Karrinho de Kafé), mas, como todos os outros colégios do ensino médio (ou de um jeito até pior), é uma droga de uma zona de guerra.
por isso me ofereço como o seu guia espiritual virtual. sinta-se livre para fazer qualquer pergunta (a não ser, claro, sobre a minha identidade), e vou me esforçar ao máximo para responder a você: com quem fazer amizade (lista curta), de quem manter distância (lista maior), por que não se deve comer o hambúrguer vegetariano do refeitório (longa história, você nem vai querer saber), como tirar 10 na prova da Sra. Stewart e por que você nunca deve se sentar perto do Ken Abernathy (problema de flatulência). ah, e tenha cuidado na aula de educação física. o Sr. Shackleman faz todas as garotas bonitas darem voltas extras pela quadra para poder olhar a bunda delas.
parece informação suficiente por enquanto.
e, só para constar, bem-vinda à selva.
atenciosamente, Alguém Ninguém
Meus comentários: Fiquei completamente viciada em saber o que ia acontecer e quem estava por trás dos e-mails. Ainda que o ship certo do livro, para mim, fosse bem claro, isso não me impediu de torcer para que ele fosse mesmo o certo desesperadamente, rs. A única coisa que me incomodou um pouco foi que o livro ainda tem uma forte dose de girlhate e brigas entre meninas por conta de homem. Por outro lado, o desenvolvimento dramático é excelente e os assuntos debatidos são igualmente bons e importantes, como consumo de drogas, suicídio e luto. Foi um livro que eu comecei a ler de forma despretensiosa e foi uma maravilhosa surpresa! Melhor forma de começar o ano.

Segunda leitura de Janeiro/2018


Título: Os Bons Segredos
Autor: Sarah Dessen
Editora: Seguinte
Gênero: Romance Jovem
Para saber mais: clica aqui
Estrelinhas: 4

Sinopse: Sydney sempre se sentiu invisível, já que Peyton, seu irmão mais velho, era o foco da atenção da família. Até que ele causa um acidente por dirigir bêbado, deixando um garoto paralítico, e vai para a prisão. Sydney parece ser a única a responsabilizá-lo, ao contrário de seus pais, que enxergam o filho como vítima.
Para fugir do clima insuportável em casa, certa tarde Sydney entra numa pizzaria ao acaso. Lá conhece Layla, filha do dono do restaurante, e a amizade entre as duas é instantânea. Logo Sydney se vê contando à garota segredos que ninguém mais sabe, e encontra entre a família dela um espaço onde todos a enxergam e a aceitam como é.
Os bons segredos é o romance mais profundo de Sarah Dessen, uma das maiores referências do gênero jovem adulto nos Estados Unidos. Com uma série de personagens inesquecíveis e descrições gastronômicas de dar água na boca, ela conta a história de uma jovem que tenta encontrar seu lugar no mundo e acaba descobrindo a amizade, o amor e uma nova família no caminho.
Há segredos muito bons para serem guardados - e livros muito bons para serem esquecidos.

Meus comentários: Gosto muito da Sarah Dessen, mas esse não é meu favorito - o que não muda o fato de ser bom. O título não faz muito sentido, visto que só é citado uma vez no livro todo o fato de existirem "bons segredos". O título em inglês é "Saint Anything" e, na minha percepção, é melhor. A protagonista dá um pouco nos nervos porque é muito omissa e eu odiei o relacionamento dela com a mãe. O livro trata de temas importantes, como abuso e relacionamentos abusivos, mas senti que foi de forma superficial. Tudo ficou subentendido demais, não curti muito. O tempo que o livro fica falando do irmão da Sydney é exagerado, mas acho que esse foi o objetivo. O mocinho do livro é maravilhoso e a melhor coisa do livro. O final é ótimo e ligeiramente aberto, o que pode deixar quem não gosta desse tipo de final um pouco furioso...


Terceira (quase) leitura de Janeiro/2018


Título: Close Enough to Touch
Autor: Colleen Oakley
Editora: Gallery Books
Gênero: Romance Contemporâneo
Versão em português: clica aqui

Sinopse: Jubilee Jenkins é uma jovem com uma condição médica rara: ela é alérgica ao toque de outros humanos. Depois de uma humilhante experiência de quase morte na escola, Jubilee tornou-se uma reclusa, vivendo os últimos nove anos nos confins da pequena Nova Jersey, na casa que sua mãe deixou quando fugiu com um empresário de Long Island. Mas agora, sua mãe está morta, e, sem seu apoio financeiro, Jubilee é forçada a sair de casa e encarar o mundo do qual tem se escondido — e as pessoas que o habitam. Uma dessas pessoas é Eric Keegan, um homem que acabou de se mudar para a cidade por causa do seu trabalho e que está lutando para descobrir como sua vida saiu dos trilhos. Até que um dia, ele conhece uma mulher misteriosa chamada Jubilee...

Meus comentários: Ainda estou bem no início (5% do ebook), mas estou amando! O tema é super diferente, nunca li nada assim e a escrita da autora está bem cativante. Ansiosa para saber o que eu vou continuar achando! A melhor parte é que baixei esse ebook de graça na Amazon, quando eles estavam com uma promoção que qualquer ebook em inglês que custasse menos de 10 reais estava de graça. Não é ótimo quando essas coisas acontecem? :)

-------------

Gostaram dessa nova modalidade de postagem? Espero que sim!
O que vocês leram em Janeiro? <3

Comentários

  1. OOOOOOOOOI

    Três coisas sobre você é um livro que eu quero ler deeeeeeesde o lançamento
    e ó... em férias tudo fica meio louco também. E viajar é uma ótima desculpa pra nao ter lido tanto quanto gostaria! hahah

    BEIJO
    www.beinghellz.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário