Resenha: Amor e Gelato

Desde que eu vi a capinha de Amor e Gelato senti aquele calorzinho no coração. Tão linda que precisava ler o quanto antes! A Aimee Oliveira acabou me dando o livro de Natal e o pessoal do Instagram que me ajudou a escolher a minha próxima leitura por stories escolheu ele. Pois bem, acabei e agora vim contar o que eu achei! Antes de tudo quero dizer que esse livro ao vivo é tão lindinho quanto ele parece pela internet, hahaha. A diagramação é um primor e todos os detalhes dos sorvetinhos estão espalhados. Para variar, a Intrínseca fez um trabalho de excelente qualidade e que atinge diretamente o público-alvo. 


Acho que não é segredo nenhum que sou completamente apaixonada pela Itália. É um dos meus lugares favoritos no mundo, eu tenho sangue italiano (Savelli vem de onde, né? hahaha) e falo italiano fluente (segundo meu diploma, mas é verdade que estou um pouco enferrujada). Por isso, eu sabia que ia gostar do livro. Já abri certa de que seria arrebatada por uma história de amor na Itália -com sorvetes ainda por cima! Não tinha como dar errado. E não deu mesmo, hahaha! Para completar, o livro ainda tem diversas referências à outros assuntos que eu gosto, como os Beatles!
"Aqui toca Beatles o dia todo, todo dia, então encontro duas das minhas coisas favoritas: pizza e Paul McCartney".

Olha essa cara de plena em Roma, em outubro de 2017.

O livro conta a história de Lina, uma adolescente que acabou de perder a mãe para uma batalha contra o câncer. Para sua surpresa, a mãe dela a fez prometer que quando tudo acabasse, ela ia passar o verão na Itália. Mais especificamente, em Florença. Ela queria que a filha conhecesse um amigo, Howard, da época que ela morou na Itália. Lina não entende nada, mas tomada pela vontade de cumpri o desejo da mãe, embarca para o país desconhecido, cheia de má vontade! Sua mãe nunca falava de quem era o pai de Lena e com essas repetidas menções no final da vida a este tal de Howard, a menina está certa que ele é seu pai. Para completar, sua avó materna confirma suas dúvidas.

Todavia, como criar intimidade com alguém que você nunca viu antes? Laços sanguíneos não são mais fortes que os laços afetivos. Sem falar que ela ainda está remoendo a morte da mãe, insegura com relação ao seu futuro e imensamente triste. Como se esses fatores já não fossem difíceis suficientes, novos fatores são adicionados no momento que ela chega no país da pizza. Primeiro, seu pai mora em um museu que, na verdade, é um cemitério dos americanos mortos na guerra! Segundo, tem um menino bem bonitinho que ela acaba encontrando quando está correndo e ele também é americano. Quer dizer, pelo menos metade americano. E, por fim, sua mãe havia se adiantado e deixou de presente para ela um diário sobre sua vida, que Lina não está muito certa se quer ler.


O livro é intercalado entre momentos da história atual de Lina e as anotações no diário da mãe, que ela vai lendo em doses homeopáticas. Seu colega corredor se torna seu melhor amigo nessa nova fase e, juntos, eles tentam descobrir as peças que faltam na história da Lina com base no que descobrem no diário da mãe dela. Em poucos dias já estão mais juntos que unha e carne e nosso coração shippador fica como? Dolorido, porque tudo é tão difícil na vida de Lina!


Amor e Gelato é uma história sobre entender quem você verdadeiramente é, analisar seu lugar no mundo e ver a beleza nas pequenas coisas. Com uma narrativa envolvente e divertida, Jenna Evans Welch nos leva para passear por Florença com ela. Nunca estive na cidade, mas agora estou morrendo de vontade de visitar e de tomar muito sorvete!
"Vi o pôr do sol na Ponte Vecchio. Acho que posso dizer que, enfim, achei meu lugar. Simplesmente não consigo acreditar que tive que vir até o outro lado do mundo para encontrá-lo". 

Mais sobre o livro

Título original: Love and Gelato
Autora: Jenna Evans Welch
Ano: 2017
Editora: Intrínseca 
Páginas: 320

Comentários