Como ajudar os jovens escritores nacionais?

Você já pararou para pensar do que os escritores nacionais vivem? Acredite, escrever palavras bonitas - infelizmente - ainda não paga boleto. E mesmo os autores publicados por grandes editoras são pouquíssimos os que conseguem viver dos direitos autorais dos livros. Ainda assim, a paixão pela escrita é tão grande que eles continuam escrevendo.


No post de hoje apresenta a realidade e algumas formas de incentivar os autores nacionais. Afinal, nós temos o maior orgulho da nossa seleção de futebol (aproveitando aí, o momento "copesco"), por que não apoiar a nossa literatura nacional? Nós vamos usar nossas autoras-colunistas como exemplo desse post, porque somos nepotistas (haha brincadeira. Ou não). Mas isso vale para milhares de autores que estão na luta. 


Talvez o modo mais óbvio de apoiar um escritor é comprando seus livros impressos e contos na Amazon. Acredite, tem trabalho de escritor para todos os bolsos! A Clara Savelli, por exemplo, tem disponível na Amazon contos a partir de R$1,99 e um livro completo - Acampamento de Inverno para Músicos (nem tão) Talentosos - por apenas R$3,00. E se por acaso, você ainda não tem o livro físico Mocassins & All Stars da Clara ou o Pela Janela Indiscreta da Aimee Oliveira, você pode entrar em contato com as autoras em suas fanpages no Facebook para solicitar a sua cópia que, com certeza, irá com muito carinho, um autógrafo personalizado e brindes!

Foto de 25 de maio de 2014 no lançamento de Pela Janela Indiscreta e Mocassins & All Stars.
E se você for um daqueles que acha que os livros independentes são caros, que não vê a escrevita como um trabalho... Senta aqui que a equipe do PN vai te contar uma história. Em depoimento no Facebook, a autora Clara Savelli abriu o coração: 

"Peço aqui um momento de sua atenção para um desabafo real. Bienal do Livro de São Paulo começa mês que vem (dia 03/08) e eu vou participar (em breve venho com infos completas)! Mas para isso preciso mandar imprimir novos exemplares de Mocassins e All Stars, porque só tenho 19 aqui em casa. E sim, mandar imprimir. Como autora independente, eu que pago a impressão dos meus próprios livros para depois poder vendê-los para vocês." 
Cada livro impresso custa mais ou menos R$20 reais para autora mandar imprimir. Normalmente, o frete é "grátis" para o leitor, mas para ela custa em média R$11. Ainda por cima, ela tem todo o cuidado de mandar fazer brindes que acompanham os livros.

Então, faz a conta, amiguinhos!

O lucro é mínimo, isso quando não se tem prejuízo. Pois ainda não incluímos as despesas com a divulgação do livro em eventos. Acredite, não é só o hospedagem, transporte e comida que autor independente precisa pagar - por incrível que pareça, eles são humanos e têm suas necessidade básicas -, eles ainda têm despesas como pagar para estar num estande da Bienal (por exemplo), para participar de algum evento ou mesa. Infelizmente, existem muitas histórias obscuras por traz de algumas nomenclaturas como "convidados", em alguns eventos.


Por isso, muito autores nacionais - entre eles a Clara - estão tentando dar o seu jeitinho brasileiro, que na realidade é muito legítimo, através do Padrim. Se você ainda conhece, essa é uma plataforma de financiamento coletivo contínuo, onde os fãs ajudam os seus produtores de conteúdo - no caso desse post, os escritores nacionais! No caso da Clara, você pode contribuir a partir de R$1 por mês. A partir de R$5 (que não é o preço nem uma assinatura de stream de música), você já começa ganhar algumas vantagens como padrinho. A partir de R$100, por exemplo, você ganha todas as vantagens das outras faixas de preço e ainda ganha uma assessoria de escrita com a autora que já tem 8 anos de carreira. Bem, acho melhor você dar uma olhadinha lá no Padrim da Clara para ver qual o "padrinhamento" combina melhor com você. Tenho certeza que você pode ajudar de alguma forma!

Além, disso voltamos para o ponto inicial desse post. A Clara ainda tem 19 exemplares do Mocassins & All Stars impresso disponíveis. Ela conta com a venda deles para que possa custear algumas das despesas referentes a impresso de novos exemplares. Entre em contato com a autora através da fanpage!

Se ainda assim, você não tem condição nenhuma de ajudar diretamente financeiramente, que tal indicar esse post e o trabalho das nossas autoras-colunistas? Compartilhe todas as postagens que puder, indica o livro, dá estrelinha na Amazon, converse com as pessoas sobre como ser autor no Brasil é difícil, mas é muito fácil ajudar. 

Comentários