Como controlar a passagem do tempo no romance? - Aniversário do Arthur

Olá!

Para quem não sabe, Mocassins e All Stars (meu livro publicado) completou 10 anos que eu comecei a escrevê-lo em Dezembro do ano passado (2017). E hoje (20/07) é a data de aniversário do mocinho da trama, Arthur Torrez.


Normalmente eu não narro muito aniversários nos meus livros. Os únicos que têm aniversário de protagonistas são Chinelo e Salto Alto e Tiete! (ambos disponíveis no Wattpad). Em Mocassins e All Stars, Arthur cita a data de aniversário dele em uma conversa com a Julie, mas o aniversário em si não aparece no livro, pois não é no período em que o livro se passa.

É sobre isso que eu quero falar rapidinho hoje: como controlar a passagem do tempo no seu romance.




Para mim, controlar a passagem de tempo nas histórias que eu estou escrevendo é sempre um pouco complexo. Estou tão embalada no enredo que acabo sem saber dizer que o tempo que passou foi uma semana, um mês ou muito mais. Às vezes saio escrevendo referências de tempo ("1 mês depois") e depois não sei se aquilo faz sentido. E aí preciso reler tudo para me arrumar... Mas já foram muitos livros, né mores? Cinco concluídos, se eu fiz a conta certa. Então já peguei algumas manhas, que vou passar para vocês agora:

1) O calendário é seu melhor amigo! Hoje quando começo a escrever uma história, já penso em que mês é aquele e qual é a extensão que eu imagino para história. Por exemplo, Acampamento de Inverno para Músicos (nem tão) Talentosos se passa em Julho e tem duração de apenas um mês. Eu já sabia dessas duas coisas quando comecei a escrever o livro, então para não perder o controle do tempo, imprimi um calendário e fui anotando os acontecimentos nele.

"Ah, Clara, mas não sei quanto tempo meu livro vai durar ainda": sem problemas, jovem gafanhoto. Imprima o calendário do primeiro mês e vá imprimindo novos, conforme o tempo na história for avançando.

2) Com o calendário em mãos, marque datas comemorativas. Imagina seu livro se passando em Dezembro e você esquecendo de colocar o Natal. Não tem a menor condição. Por isso, depois de ter seu lindo calendário, procure quais são as datas comemorativas desse mês. Isso é fundamental para que a história faça sentido e tenha verossimilhança, especialmente no que diz respeito aos feriados. Seu personagem não tem aulas na Páscoa. Todo mundo que tá lendo o livro vai achar estranho você não falar nem uma linha sobre esse assunto.

3) Fique atento com onde se passa a história. Se sua história se passa no Brasil, a dinâmica do calendário e as datas comemorativas são de uma forma. Se se passa nos EUA, são de outra forma. E assim sucessivamente. Prestar atenção nas peculiaridades do calendário e nos feriados no local onde sua história se passa é fundamental para que ela faça mais sentido e seja mais coerente com a realidade. "Ah, Clara, mas minha história se passa no período medieval e tem dragões": ok, talvez nem todas essas dicas se apliquem à você, mas controlar o tempo ainda é muito necessário.

4) Insira marcas importantes para fechar ciclos e fazer o leitor ficar ciente da passagem do tempo. É aqui que entram aniversários, bailes e festas em geral. Pode parecer um pouco forçado você narrar a passagem do tempo só por narrar. "E amanhã já é Fevereiro" não é uma narrativa tão boa e engajadora quanto "E amanhã já é Fevereiro e com ele chega a data que eu mais temo no mundo: dia dos namorados". Esses marcos são importantes para o leitor se situar na história e podem te trazer muitas inspirações para seu enredo.

5) Dica extra: se seu livro se passa em um colégio, não esqueça de anotar o horário das aulas de seus personagens. Pode parecer besteira, mas é muito fácil se perder no horário das aulas. Faça um horário como você faz para você - um para cada personagem, se eles tiverem horários diferentes. Então, na segunda-feira de manhã, você sabe que personagem X estará na aula de Química e personagem Y na aula de Biologia. E isso vai te ajudar na narrativa.

Bem, essas foram algumas das dicas que eu consegui pensar para controlar melhor a passagem de tempo! Se você tiver alguma outra, deixe nos comentários! E feliz aniversário, Torrez. Você vai morar sempre no meu coração <3



Comentários